a aerodinâmica das palavras

O Mundo nas Asas da Arte

Eduarda Amaral

A Arte nos permite brincar com a realidade. Desconstruir verdades estagnadas, colorindo-as com novas cores. Psicóloga, Mestre em Relações Internacionais e Especialista em Políticas Públicas, apaixonada por cinema, musica, fotografia e gente .

Romance em tempos virtuais: Frida, a louca dos gatos e os Monólogos do Poliamor

Conto de um moço carioca encantado com o Amor, no cenário virtual.
Rodrigo é carioca, beirando os 30. Bonito. Simpático. Alternativo, na medida certa. Gosta de música popular e de uma boa leitura. Em busca de uma namorada. Sim, Moças! Um gatinho solto à procura de amor, no Rio de Janeiro…



frida e o gato .jpg

Ato Passado: Eu quero namorar, e ela só quer sexo

Estava saindo com uma menina há alguns meses .
Estava super a fim de ficar com ela. Ao mesmo tempo em que tinha uma outra que vinha de Minas Gerais, com alguma regularidade .

Porém, estava disposto a terminar com a mineira para ficar apenas com a do Rio.
Só que a carioca estava cozinhando ele, que REALMENTE queria um relacionamento mais sério.

Foi em um domingo de manhã , ao acordar na casa dela, que ele lhe deu o ultimato:
"Márcia, se eu abrir aquela maçaneta... e sair por aquela porta, e você não quiser passar o dia comigo , eu N-U-N-C-A mais vou te ver."
Agarrou a maçaneta. "Você ouviu bem? ", advertiu.
Girou a maçaneta. "Não volto mais, hein!?"
E partiu.
"Para nunca mais voltar…!" Assegurou-me ele .
Quando eu o encontrei , desabafou :
"Estou me sentindo muito usado !
Pô, chamei ela para andar de bicicleta em Paquetá, mas ela recusou. Não quero mais nada com ela!
É o Fim !!!

Ela só quer fazer Sexo Selvagem comigo, a N-o-i-t-e T-o-d-a, e depois me larga no dia seguinte! ".
Enquanto ele falava, uma lembrança nostálgica de Mamália veio a minha mente.
Ela que era mulher de verdade ! A ser copiada!

Tinha várias frases melodramáticas destas.
Ahhh, minha doce vovó…!

Ato Presente: Um açougue chamado TINDER ou A Louca dos Gatos

A vida é dura! Conhecer mulheres legais nem sempre é fácil. Após o descompasso com a Márcia, ele voltou para o TINDER.

Dois dias depois, foi se encontrar com uma menina que conheceu no aplicativo.
Gatíssima. Gente boa. Gostava de arte. Ouvia Belchior…

Se divertiram em um show. Deu a maior liga!
Depois foram para casa dela. Chegando lá, continuaram os amassos no sofá da sala…
Quando as coisas já estavam bem quentes, DE REPENTE, ela ligou a televisão e botou o documentário da Frida Kahlo.
Ele paralisou.
Pô, todos AMAMOS adorar a Frida! Mas no meio de um sarro... é complicado. É pesado. É depressivo...
O gato da moça, pulou no colo dela.
Com o olhar fixo na televisão, acariciando o gato, perguntou incisiva:
- O que vc tem contra a Frida?
E , como ele respondeu que nada, ela repetiu a pergunta, acariciando o gato, com voz monocórdia …
- o que vc tem contra a Frida?
Ela e o gato alternavam seus olhares, ora para ele, ora para telinha.
Ela acariciava, e perguntava…e acariciava… e perguntava…
Ele estava excitado. De pileque. As imagens rolavam em sua mente.
A Frida. As mãos da moça acariciando o gato. O olhar fixo dos dois na tv…
O gato… A Frida…o bigode do gato … o bigode da Frida...
A voz monocórdia que acariciava e perguntava cada vez com maior veemência

- POR QUE VOCÊ NÃO GOSTA DA FRIDA ?
O gato…a Frida... o bigode do gato... o bigode da Frida...

louca com cat .jpg
Rodrigo estava quase dormindo….
Mas o medo não deixou. Pô, e se eu durmo e ela é uma psicopata destas de filme …? Durmo, e ela ...
Levantou-se e foi embora. Tonto, já no elevador, deletou o aplicativo.

Tudo muito moderno: Fast Amores. Documentário da musa Frida Kahlo. Com direito a gato. Que,venhamos e convenhamos, é um bicho super, mega, giga contemporâneo. Individualista. Com personalidade. Atraente. Dócil na medida certa. Contudo, estava óbvio que não era o suficiente.

Ato Futuro: Monólogos do Poliamor

Ele era um cara inteligente, sensível. Não era como muitos de seus amigos que só queriam "pegar geral na night carioca."
Queria O AMOR VERDADEIRO. Só que sabia muito bem que havia outras formas de amor.
Deparou, então, com uma novidade para ele. Foi no jornal que viu um convite para o primeiro grande encontro de adeptos do Poliamor.
Ficou encantando!
Perguntou-me se eu sacava o Roberto Freire. Não o político. O psiquiatra?
Sim. Saco sim, respondi.
* Poliamor = Apesar de ser uma prática que tem ganho força apenas recentemente no Brasil, já tem adeptos espalhados pelo mundo, há algum tempo.
Mesmo em terras tupiniquins, já havia sido bem divulgada por Freire, nos idos dos anos 80. Época em que, genuinamente, se buscou formas alternativas para a tradicional relação monogâmica.
Formas que realmente pensassem em modos de se relacionar diferenciados, mas que envolvessem amor.
E o Poliamor é isso. Não significa one night stand, nem relacionamento galinhas, narcisistas e egocêntricos com pessoas diferentes.
Prega o amor genuíno, a mais de uma pessoa. Você pode se envolver amorosamente com mais de uma voz, mais de um olhar, mais de uma temperatura corporal. Pode se excitar com cheiros diferentes. Com toques distintos. É um estilo de vida que valoriza a troca amorosa com mais de uma pessoa, enriquecendo os sentidos corporais.

poliamor.jpg

E é isso que Rodrigo queria: ter a possibilidade de amar mais de uma pessoa.
Assim, poderia voltar a namorar Márcia e a menina de fora do Rio. E Márcia também teria esta possibilidade.

Seu rosto esboçava aquela felicidade de quem encontra uma solução perfeita.

Disse-me que iria propor o Poliamor à Márcia.
Fiquei curiosa com a sua decisão. É muito bonito de se ver um homem sensível buscando o amor. Além disso, tenho de admitir que estava louca para saber a reação dela.
Divertidamente , eu lhe pedi :
- Você poderia me fazer só um favorzinho? Só unzinho… ?
Já que estou acompanhando esta história desde o início, poderia me ligar,contando o que a Márcia te respondeu, assim que você ligar para ela.
Please!!!

No que ele respondeu enfaticamente :
- Ligar para ela ? Como assim ? Tá doida?
Vou propor isto por SMS para ela. Assim é que a gente se fala!
Se eu ligar , ela vai achar muito estranho !

texting this one .jpg


E Paulo Freire estrebuchou no túmulo … !

Mas como diria à minha avó, há esperança no mundo!
Depois de um tempo, encontrei-o semana passada. Feliz da vida.
NAMORANDO. PRESENCIALMENTE. APAIXONADO.

Desta vez, estava dando uma de barista e pesquisando uma boa marca de café para dar à sua namorada.

É, nada como o Amor Retrô.
13516395_10154414194815649_1986328981031340536_n.jpg


Eduarda Amaral

A Arte nos permite brincar com a realidade. Desconstruir verdades estagnadas, colorindo-as com novas cores. Psicóloga, Mestre em Relações Internacionais e Especialista em Políticas Públicas, apaixonada por cinema, musica, fotografia e gente . .
Saiba como escrever na obvious.
version 4/s/literatura// @obvious, @obvioushp, @obvious_escolha_editor //Eduarda Amaral