a dama célebre

Do Éden ao leito, as minhas loucuras

Charlote Claire

Caloura de Biologia, 17 anos, Gemini. Cantora de chuveiro desde os 6 anos, poeta entre os intervalos das aulas, Drama Queen. Componho músicas para musicais imaginários e preciso consertar o meu violoncelo! Nasci no século errado, sou completamente das antigas, ''old school'', que seja! Ah, e para finalizar, serei sempre, eternamente, uma Dancing Queen.

Palavras são imutáveis, pensamentos não

Uma simples exposição de palavras para refletir.


Sharpless-2-106.jpg

''Quando eu era criança, falava como criança, sentia como criança e pensava como criança. Agora que sou adulto, parei de agir como criança. O que agora vemos é como uma imagem imperfeita num espelho embaçado (...) 1 Coríntios 13 vers 11, 12

É fato que os mais importantes documentos feitos pela raça humana são em papel, o que é contado de boca em boca passou a ser registrado em palavras para nunca ser esquecido, as leis são escritas em papel. Entretanto, numa sociedade considerada fluida é fácil haver mudanças nos ideais de cada um e transformação de palavras antigas com a sobreposição de novas a cada nova metamorfose, não apenas no papel, mas nas conversas que acontecem com a convivência.

À exemplo de uma discussão entre amigos, quando alguma palavra magoa geralmente fica estampada na mente por um tempo, às vezes quem a falou até esquece que utilizou-a, porém o amigo ferido sempre lembra.

É tão inocente pensar que uma palavra sobreposta possa deletar o que foi dito anteriormente. É impossível apagar feridas deixadas por palavras sendo elas faladas ou escritas, elas sempre vão existir no papel ou no ar.

Por outro lado, apesar de ser difícil aceitar que ideias e valores possam mudar, deve-se ter em mente que uma palavra dita ontem pode não ter mais o mesmo significado de hoje, justamente porque o seu modo de pensar foi modificado pelas influências externas.

Palavras são marcas que podem permanecer inalteradas por bastante tempo. Pensamentos podem ser transformados de um dia para o outro ou no próximo minuto, ou quem sabe, no próximo segundo.

Quem nunca escreveu uma carta com sentimentos momentâneos e quando a leu novamente lhe pareceu algo de anos atrás? Ou até mesmo já releu as mensagens de um ou dois anos, quem sabe meses atrás, e reparou que atualmente poderia ter dito de forma diferente? É a fluidez dos pensamentos, a metamorfose ambulante.

Existem infinitas coisas no mundo as quais eu penso que seja impossível concordar, porém logo me vejo concordando com elas e eu paro e reflito, o que aconteceu para que eu concordasse? Ontem eu tinha certeza que discordava. É tão frequente essa reação nos seres humanos, principalmente nos mais jovens deles ou nos dispostos a ouvir e a mudar.

É saudável ser uma metamorfose ambulante, afinal estamos aqui por muito pouco tempo para sermos fixos como pedra. É hora de formular opiniões, ter certezas ao mesmo tempo que temos incertezas, digo isso não apenas aos mais jovens, mas principalmente aos adultos que acham que já estão muito crescidos para mudar. Nunca é tarde para uma transformação.

Estou ciente de que mudei o rumo desse artigo enquanto o escrevia, mas como não poderia? As palavras vieram num primeiro momento, mas se tornaram outras. Os pensamentos são assim, mutáveis. E as palavras? Estão aqui para registrar a minha mudança.


Charlote Claire

Caloura de Biologia, 17 anos, Gemini. Cantora de chuveiro desde os 6 anos, poeta entre os intervalos das aulas, Drama Queen. Componho músicas para musicais imaginários e preciso consertar o meu violoncelo! Nasci no século errado, sou completamente das antigas, ''old school'', que seja! Ah, e para finalizar, serei sempre, eternamente, uma Dancing Queen. .
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/recortes// //Charlote Claire