SAMUEL ANTUNES

Igual a você, vivo por aí a duras penas.

O AMOR É A SOMA DO QUE SE SENTE

Amor não é um sentimento igual aos outros. A ele somam-se raiva, ciúmes, insegurança, incertezas e além. Entender isso faz com que saibamos apreciá-lo enquanto dure, pois mesmo que seja fugaz, pode atravessar décadas.


cabideiro.jpg

Não acordamos um dia amando alguém. Diferente da antipatia ou simpatia, que pode ser ganha à primeira vista, o amor vem aos poucos, quando outros sentimentos convergem.

Quando você sente que se tornou alguém melhor do que era antes; quando a felicidade da pessoa te aquece e a tristeza te levanta e te faz capaz de mover uma ilha.

Mas a realidade não é uma comédia romântica. Há momentos dificílimos, onde carinho e decepção colidem, ameaçando destruir o castelo que foi construído a passos e abraços lentos. A distância, às vezes, é o preço que a paciência cobra.

Nessas horas a experiência e maturidade são fundamentais para não fazermos destes conflitos disputas de energia, onde há sempre um vencedor e um perdedor. São vias de crescer e se fortalecer como casal, apoiando-se e entendendo que cada um de nós é um universo completo e complexo que precisa e deve ser respeitado.

Em troca, conquistamos o direito de assistir do melhor lugar da casa, que é dentro de um abraço, a evolução e as conquistas do outro, sabendo que, de algum modo, isso também nos transformará.


SAMUEL ANTUNES

Igual a você, vivo por aí a duras penas..
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/sociedade// @obvious, @obvioushp //SAMUEL ANTUNES
Site Meter