SAMUEL ANTUNES

Igual a você, vivo por aí a duras penas.

URGÊNCIA EM PARTIR, ANDAR.

Todo ser humano pensa, em algum momento, que a vida já não é tão boa ou colorida quanto antes. Sinais em todas as partes lhe dizem que tudo o que é seu agora não basta: o trabalho se arrasta e as pessoas ao redor parecem tubarões; é hora de arrumar seus armários e procurar coisas novas.


bau_recordacao-thumb-800x499-151350.jpg

Desde quando éramos Neandertais buscávamos nossas próprias cavernas, afinal, a construção do ninho é um instinto tão animalesco quanto a reprodução ou a guerra.

O ser humano, incoerente e em constante desconstrução, quer estar sozinho, mesmo que não tenha sido feito para. Ele precisa da sociedade, mas precisa antes do próprio espaço. Precisa de regras e normas, mas só para poder infligi-las todas. Precisa estar sozinho para só então valorizar a companhia alheia. Precisa estar acompanhado para finalmente entender o valor que há na solidão.

Estudos científicos já provaram que sobrecarregar alguns departamentos da vida pode significar o alívio de outros, visto que cobrar mais do corpo e mente faz o cérebro liberar maiores doses de endorfina, a substância química ligada à satisfação.

Cada um de nós sabe quais barreiras devem ser superadas e, caso você ainda não tenha notado, há um universo inteiro, só esperando você abrir as janelas da alma. E longe do passado, se possível.


SAMUEL ANTUNES

Igual a você, vivo por aí a duras penas..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/sociedade// @obvious, @obvioushp //SAMUEL ANTUNES