a hora e a vez

"Os espaços entre os abraços, guarda-me apenas uma fresta". Ana Carolina

Marcos Martins

Estudante de Publicidade e Propaganda (Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium - UniSALESIANO) e funcionário público da cidade de Sud Mennucci-SP (Secretaria Municipal de Educação). Gosto de escrever sobre comunicação, tecnologia, artistas e literatura. Loucamente apaixonado por livros, música e culinária. Amo estar entre amigos e familiares!

Geração tecnológica-digital e a usabilidade da internet

A partir de 1980 a meados da década de 1990, nasceram as pessoas da geração tecnológica-digital, nativos digitais ou ainda geração Y. Esses indivíduos cresceram com a modernização das mídias, os amplos progressos comunicacionais, com a convergência dos meios de comunicação por meio da era digital e, principalmente, com a expansão da internet. É a geração da interatividade, da conectividade, da portabilidade, da simplificação tecnológica, da mídia digital. Esta é a base mais significativa dos Nativos Digitais.


two-girls-smartphone-selfie.jpg

A partir de 1980 a meados da década de 1990, nasceram as pessoas da geração tecnológica-digital, nativos digitais ou ainda geração Y. Esses indivíduos cresceram com a modernização das mídias, os amplos progressos comunicacionais, com a convergência dos meios de comunicação por meio da era digital e, principalmente, com a expansão da internet.

É a geração da interatividade, da conectividade, da portabilidade, da simplificação tecnológica, da mídia digital. Esta é a base mais significativa dos Nativos Digitais. "Eles querem ser usuários - não apenas expectadores ou ouvintes (GOBBI, 2010 p. 346-347).

Y.jpg

acer-selfie-1-1.jpg

A geração tecnológica-digital está conectada praticamente o dia todo nas redes sociais construindo identidades e comportamentos diferentes do contexto em que vivem e buscando cada vez mais uma interatividade global, sem fronteiras territoriais e inúmeros interesses individualistas. Gobbi (2010) ainda salienta que tal geração teve o privilégio de nascer sob a ascensão multimidiática.

As pessoas consideradas da geração tecnológica-digital nasceram no período de vasta convergência das mídias, onde os computadores, juntamente com a internet, ganhavam grandes usabilidades nas diferentes atividades do cotidiano, possibilitando assim, a evidenciação desta nova mídia que surgia pós-nova ordem tecnológica, em um mundo cada vez mais globalizado. Essa evidenciação fez com que os jovens dessa geração se tornassem dependentes totais dos diversos aparatos tecnológicos que possuem conectividade com à rede.

tecnolo-720x320.png

A partir de então, a internet passou a ser considerada um meio de comunicação que propiciava aos navegantes um feedback e uma interatividade mais precisa em relação às outras mídias e um vasto intercâmbio de informação passou a ser oferecido de forma fluida, praticamente simultânea, imediatista. Tal efeito fez com que as pessoas se tornassem produtoras de conteúdos na web, interligando diferentes culturas, desfazendo a característica de passividade que era oferecida anteriormente pelas outras mídias existentes, como o rádio, TV e o cinema. [...] Neste contexto, a interatividade pode ser entendida como sendo a possibilidade de participação do telespectador [...] (MONTRESOL, 2011, p. 41).

O parágrafo acima reforça a fala de Don Tapscott (2011), em entrevista à Revista Veja, quando diz que os jovens não vivem na era da informação, mas, evidentemente, na era da colaboração em massa, a era da inteligência conectada. Através das mídias digitais os emissor-receptores podem influenciar e participar de diversos assuntos, anulando o efeito dos "receptores" serem o ponto final de uma mídia unilateral.


Marcos Martins

Estudante de Publicidade e Propaganda (Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium - UniSALESIANO) e funcionário público da cidade de Sud Mennucci-SP (Secretaria Municipal de Educação). Gosto de escrever sobre comunicação, tecnologia, artistas e literatura. Loucamente apaixonado por livros, música e culinária. Amo estar entre amigos e familiares!.
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 1/s/sociedade// @destaque, @hplounge, @obvious, @obvioushp //Marcos Martins