Karoline de Carvalho

Uma pessoa cada dia mais convicta de que precisa ser mestre, doutora e phd na busca por ser alguém melhor.

Alma de cronista

O nascimento de uma crônica.


10610934_492751417494849_4593629886418679900_n.jpg

Fotografar momentos através das palavras é assim a sensação daqueles que se identificam com o segmento da crônica. É preciso sentir de novo o que foi vivido por meio da ação de escrever uma crônica. Experimentar o momento é muito pouco para quem tem alma de cronista. É necessário registrar as sensações no papel.

A crônica nasce durante a recordação da gravidez de uma amiga, como também no decorrer dos dias que permitiram o crescimento desta criança. Há uma sede de escrever sobre tudo aquilo que toca, inspira e seduz.

12717410_688577211245601_753419268035042843_n.jpg

Na crônica o estranho transeunte transforma-se em um companheiro de jornada, quando o olhar de quem escreve capta o seu momento inspirador. A crônica conta a vida, diz os fatos em palavras e muda a vida de quem lê.

O instante é precioso e nada mais sublime do que escrever sobre o que passou. O cronista vive a ânsia de transformar os acontecimentos da vida em textos. A crônica é o retrato da vida em movimento, que alguém quis eternizar em palavras.


Karoline de Carvalho

Uma pessoa cada dia mais convicta de que precisa ser mestre, doutora e phd na busca por ser alguém melhor..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/literatura// //Karoline de Carvalho