Karoline de Carvalho

Uma pessoa cada dia mais convicta de que precisa ser mestre, doutora e phd na busca por ser alguém melhor.

Quando a escrava Esperança Garcia escreveu uma carta

Uma obra da escritora Sonia Rosa.


C6abmFPXMAANx-g.jpg

Eram tempos de escravidão quando uma mulher negra dirigia através de uma carta, o seu pedido de socorro para o governador da época. Esperança Garcia viveu por um tempo com os padres jesuítas. Nesse período, foi alfabetizada e recebeu a formação da doutrina católica. Os jesuítas foram expulsos e tiveram que retornar para a Europa, com isso Esperança foi obrigada a deixar a fazenda dos Algodões junto com seus filhos menores.

A carta expressa a dor da separação que precisou viver, ao deixar o marido com os filhos maiores na fazenda em que vivia.O capitão Antonio Vieira de Couto constantemente batia em Esperança e nos seus pequeninos. Em sua escrita a sofrida escrava demonstrava o desejo de ter a oportunidade de reunir sua família novamente.

9781554987290.01_1024x1024.jpg

Neste ano, Esperança Garcia foi nomeada pela Ordem dos Advogados como a primeira advogada piauiense. A carta contando todo o sofrimento que passava, foi considerada uma petição escrita por uma escrava negra. Esperança ficou na história como alguém que fez das palavras, um veículo para reivindicar direitos e denunciar injustiças. Mesmo vivendo a escravidão teve a capacidade de argumentar contra a autoridade vigente.


Karoline de Carvalho

Uma pessoa cada dia mais convicta de que precisa ser mestre, doutora e phd na busca por ser alguém melhor..
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/literatura// //Karoline de Carvalho