a psicologia do cinema

Desvendando os seus vilões favoritos!

André Dias

André Dias é acadêmico de Psicologia da Fundação Universidade Regional de Blumenau. Apaixonado por filmes, decidiu revelar ao mundo os segredos dos maiores vilões do cinema - aqueles segredos que eles não querem que você saiba...

Bônus: Um pouco sobre Ed Gein, o assassino que inspirou o cinema

De onde surgiu a ideia para a criação da história de Norman? Será que ela saiu por inteiro da criatividade de Hitchcock? Nada disso! Entenda quem foi "o verdadeiro Norman Bates": Ed Gein, que inspirou diversos cineastas pelo mundo.


Ed Gein 3.jpg

Para então encerrarmos a sessão sobre Norman Bates, trago para vocês uma curiosidade sobre a criação do personagem. Norman, assim como outros personagens do cinema mundial foram baseados em um psicopata que realmente existiu. Seu nome é Ed Gein e é sobre ele que falaremos agora.

Ed era um garoto quieto e com certos traços afeminados nascido em 27 de agosto de 1906 no Wisconsin, Estados Unidos. Vindo de uma família religiosa e extremamente autoritária, o mesmo era impedido de falar com outras crianças por sua mãe, que dizia que a bebida era demoníaca e todas as mulheres eram prostitutas.

O pai de Ed morreu cedo de infarto, de modo que sua mãe criou a ele e a seu irmão sozinha. Seu irmão fora encontrado morto após ter desaparecido em um incêndio e Ed levou os policiais até o corpo. Após a morte de sua mãe, o mesmo passou a viver sozinho, utilizando apenas seu quarto e a cozinha da casa.

Em 16 de novembro de 1957 Bernice Worden, uma senhora de 60 anos desapareceu. A polícia descobriu através de um bilhete de compra que Ed Gein estivera no local. Ao revistarem sua casa, os policiais encontraram o corpo dela decapitado e pendurado de cabeça para baixo. Além disso acharam diversos orgãos humanos na geladeira, além de diversos utensílios feitos com estruturas anatômicas, como uma taça feita com um crânio, uma cinta feita com mamilos e divesas máscaras feitas com pele humana. Constatou-se restos mortais de 15 mulheres na casa, porém não se sabe ao certo quantas mulheres ele matou.

Considerado incapaz, Ed Gein passou sua vida em um hospital psiquiátrico até morrer de câncer no dia 26 de julho de 1984. A casa onde vivia foi incendiada e nada restou da mesma.

Obrigado por me acompanhar até aqui. Espero que tenham gostado da série em breve continuarei com mais postagens. Deixe sua opinião nos comentários e caso tenha alguma sugestão para uma nova série. Abraço!


André Dias

André Dias é acadêmico de Psicologia da Fundação Universidade Regional de Blumenau. Apaixonado por filmes, decidiu revelar ao mundo os segredos dos maiores vilões do cinema - aqueles segredos que eles não querem que você saiba....
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 8/s/cinema// @obvious, @obvioushp //André Dias