abre aspas

Concordar com o autor é meramente opcional.

Ivens Sollohandd

Coragem líquida.

Bom dia pra curtição.
Boa noite pra pegação.
Mas primeiro um esqueminha pra dar uma animada e deixar a noite melhor.
Agora é pegar o carro.
O esquenta? O esquenta não é a bebida... é o sangue que escorre pelo rosto.


Coragem líquida.

Ele estava acelerado. Se sentia mais confiante. Tinha vontade de fazer coisas que nunca teria coragem. Coragem. Isso mesmo. Podia fazer qualquer coisa. Nunca havia dançado. Morria de vergonha. Na realidade, nunca havia saído de balada. Agora estava lá. Louco para zoar a noite inteira. "Chegar junto" e "catar umas minas". Finalmente! Ele nunca foi muito popular na sala que estudava. Poucas pessoas falavam com ele. O achavam muito certinho. Estudioso e dedicado. Era uma pessoa muito agradável de se conversar. Estava cansado de se sentir sozinho mesmo no meio de tantas pessoas. Ele se comportaria como eles. Agiria como eles. Tudo aquilo que condenava nos outros. Agora com todo este êxtase não queria mais parar. Pegou o seu carro e foi "aproveitar" a noite. Nunca conseguiu conquistar o que tanto queria. Não conseguiu ver o raiar de um novo dia. Era a primeira vez que experimentava álcool, e também a última.


version 1/s/sociedade// //Ivens Sollohandd