acting in progress

O trabalho do ator em foco

Priscila Assumpção

Doutoranda em Artes Performativas, Mestre em Estudos de Teatro, acting coach, escritora e patinadora de velocidade, adepta de maratonas físicas e mentais. Isso explica muita coisa...

Além da mídia e do glamour

A pessoa deixa o arroz quase queimando no fogão, vai pra sala correndo, olha para a TV. Silêncio. Ninguém fala, ninguém sai. Um com a colher de pau na mão, outro no sofá, outro que estava atravessando a sala e parou. Dez segundos depois estão todos na frente da TV derramando as mais sinceras lágrimas de emoção. Jantar queimado, alma lavada. Qual o segredo do ator de novela?


palomafelix1.jpg

O espectador, o principal júri a dar o veredito final acerca da qualidade da obra, pode não reconhecer os elementos específicos que o fizeram apreciar ou não o trabalho de um ator, pois a ele, como consumidor final, não interessa o modo como o produto foi construído, mas sim se responde às suas expectativas de consumo. No fim das contas, é para ele que é realizado tanto investimento em ordem a aprimorar técnicas e tecnologias, equipamentos e atores.

carlos eduardo.jpg

A produção de telenovelas já é uma indústria onde o ator é apenas mais um elemento, em companhia de produtores, diretores, técnicos e todos os outros responsáveis pelo andamento de uma empresa que, com efeito, quer vender sonhos, emoções, histórias entre outras, como a publicidade que mantém a dita indústria em movimento.

A busca por uma compreensão aprofundada das técnicas de interpretação para a TV e da gama de possibilidades que rodeia este fenómeno faz parte do trabalho do ator. Esta forma de atuar que se refere tanto ao cinema quanto à TV, à parte as particularidades de cada um, partilha em ambos o mesmo instrumento de trabalho para o ator: a câmara. Esse contexto de trabalho apresenta-se ao ator como um novo desafio face a tudo o que aprendeu sobre atuação.

florasss.jpeg

As escolas e, em especial, os conteúdos específicos de aprendizagem para o ator neste setor são recentes, não muito popularizados ou divulgados de maneira que possam ser aprendidos ou quase intuitivamente desenvolvidos como a habilidade para trabalhar no teatro.

O ator profissional compete lado a lado com amadores e às vezes perde lugar em prol de algum fator que ultrapassa os seus talentos. Porque, na maior parte das vezes, o primeiro fator decisivo na escolha de um ator, principalmente os menos conhecidos, para uma personagem é a sua aparência, o “physique du rôle” e não as suas habilidades. A seleção baseada somente neste fator minimiza as particularidades de características fundamentais em trabalhos consistentes de atores para a TV.

No entanto, passada a fase de seleção e posto à prova o talento do ator e as suas aptidões, é possível notar tanto da parte da direção quanto do público que lhe falta “qualquer coisa” para alcançar e despertar a almejada emoção no espectador. Nesse momento o ator sente que precisa de estudar e aprender mais, paralelamente à sua experiência prática.

BALA.jpg

O realizador também começa a notar as diferenças entre os profissionais e os amadores e o público, simplesmente, não está convencido.

É necessário perceber de que maneira a sua base de formação teatral se torna fundamental neste contexto e como ela deve ser adaptada para a linguagem audiovisual. Existem alguns caminhos teóricos e técnicos que oferecem ao ator possibilidades de adequação do seu trabalho à TV. A relação dos atores com as câmaras, a equipa técnica, o ambiente real ou imaginário, e todas as outras exigências de um set de filmagens, irá seguramente influenciar a sua forma de atuar.

1899660_806032392745760_1578877719_o.jpg

O nível de precisão alcançado no desempenho de um ator em continuidade física e emocional torna-se extremamente importante. De igual modo, as questões básicas às quais os atores costumam responder nos seus treinos também tornam-se cruciais nestas circunstâncias.

O ator de teatro conta com muitos subsídios para desenvolver a sua arte, compostos por diversas técnicas e teorias previamente sistematizadas, aplicadas, testadas. Porém, hoje, o ator vive também na era digital da alta definição. Na TV e no cinema, o set em que se trabalha é mais complexo do que se pode encontrar no palco, dado que há frequentemente necessidade dos atores se adaptarem a condições de mudanças espaciais e temporais criadas pela câmara e pela edição. 1947402_818871574795175_794447017_n.jpg

A câmara, como instrumento da interpretação, permite aproximar o ator do espectador de modo que este último quase possa “ver” os pensamentos e sentimentos mais subtis da personagem. Quanto mais a interpretação do ator se aproxima do simples, do verossímil, mais responde às exigências que se adequam ao trabalho na TV. A maneira de se expressar, realçada e reforçada, aprendida no teatro deve ser, na grande maioria dos casos, adaptada a uma nova forma de atuar pelo artista que pretende exercer a profissão nesta linguagem.

São vários os problemas que os atores encontram na TV, como a busca de um sentimento exato, a justificação de cada movimento e a importância da sua própria vida interior na composição da personagem. A TV dispõe de possibilidades próprias para envolver o espectador na percepção direta das formas mais subtis dos pensamentos e sentimentos de uma personagem.

1383930_738844966131170_867378282_n.jpg

Acredito que seja possível contribuir para uma melhor compreensão do ator acerca de um trabalho direcionado à TV, através de formações e metodologias, que darão relevância à sua pratica artística. Essa afirmação nos leva a um grande conjunto de perguntas e talvez a algumas opiniões já muito vincadas a respeito das diferenças entre amador, profissional, e formações para TV. Pretendo responder a algumas dessas questões no próximo artigo, já aproveitando para levantar outras...

Saudações audiovisuais!


Priscila Assumpção

Doutoranda em Artes Performativas, Mestre em Estudos de Teatro, acting coach, escritora e patinadora de velocidade, adepta de maratonas físicas e mentais. Isso explica muita coisa....
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/artes e ideias// @obvious, @obvioushp //Priscila Assumpção