THAIS S.

Curitibana, que resolveu fugir um pouco do mundo acadêmico e expandir suas ideias por meio da escrita. Encontrou no blog "Adivinha Honey" uma forma de se conhecer melhor e se conectar com outras pessoas. www.adivinhahoney.com.br insta:@adivinhahoney

Encontre sua voz: o que a final do Masterchef Brasil tem a nos ensinar?

Mas afinal, o que a final do Masterchef Brasil tem a nos ensinar? É preciso encontrar a sua voz. É preciso quebrar esse silêncio! É preciso dizer “eu estou aqui, eu SEI e sou CAPAZ de fazer isso tão bem quanto você e você não vai passar por cima de mim!”.


Eu sou mulher.

Eu tento construir a minha carreira em uma comunidade machista.

Eu senti nojo quando vi as cenas de machismo no Masterchef.

Mas não, eu não me surpreendi...

masterchefprofissionais-final-13122016 (4).jpg

As cenas de machismo e a final do programa MasterChef Brasil rolaram soltas por ai. Sobre isso não precisamos mais falar, sobre isso você provavelmente já deve ter visto alguma manchete. Esse texto já foi idealizado há muito tempo e essa foi a situação que me fez pensar: não dá para deixar passar. Mas afinal, o que a final do Masterchef Brasil tem a nos ensinar? Uma situação de opressão contra uma mulher em um cenário peculiar: a cozinha!

A igualdade entre homens e mulheres no mercado de trabalho tem aumentado, mas ainda há uma divisão de profissões por gênero, o famoso “isso é coisa de mulher!”. Diversos fatores, históricos e culturais, influenciaram essa segregação e o trabalho feminino sempre foi secundarizado. As profissões que possuem maior relação com o ambiente doméstico e cuidados com os outros tornaram-se “femininas” e tem menores prestígios e remunerações (docência, secretariado, enfermagem...).

Agora, você já reparou que mesmo nessas áreas, historicamente femininas, os homens tem mais valor?

- Nós somos boas professoras. Mas não o suficiente para que seu filho seja aprovado no vestibular.

- Nós somos boas costureiras. Mas não o suficiente para ter renome internacional nas passarelas.

- Nós somos boas cozinheiras. Mas não o suficiente para ganhar o título de Chef.

Note que eu não estou falando sobre como é difícil mudar um status ou enfrentar os preconceitos em uma carreira predominantemente masculina (poderia citar engenharia aqui, ou mesmo a ciência). Eu estou dizendo que mesmo no seu “ambiente” as mulheres ganham menos destaque, menor salário e menos prestígio.

Tá duvidando? O ano letivo começa em breve e eu quero que você repare nos times dos melhores cursinhos pré-vestibular que estampam outdoors por ai. Nós somos a minoria!

O que aconteceu com a Dayse foi exatamente isso. Num ambiente tipicamente feminino ela foi submetida à humilhação e, obviamente, lhe deram uma tarefa subalterna a cozinhar: “varra o chão ai!”.

“Em reuniões, homens tem uma chance 75% maior de falarem do que mulheres, e quando uma mulher fala, é cientificamente provável que seus colegas homens ou irão interrompê-la ou falar por cima dela. Não é porque eles são rudes. É ciência. A voz feminina é cientificamente provada de ser mais difícil para um cérebro masculino registrar. O que isso significa? Significa que num mundo onde homens são maiores, mais fortes, mais rápidos… Se você não estiver pronta para brigar, o silêncio vai te matar. Você tem uma voz, então use-a. Fale. Levante suas mãos. Grite suas respostas. Faça com que seja ouvida, não importa como. Apenas encontre sua voz, e quando fizer isso, preencha o maldito silêncio.” (Grey’s Anatomy)

tumblr_o2eypyxfWB1s9rs2wo1_500.gif

Mas afinal, o que a final do Masterchef Brasil tem a nos ensinar? É preciso encontrar a sua voz. É preciso quebrar esse silêncio! É preciso dizer “eu estou aqui, eu SEI e sou CAPAZ de fazer isso tão bem quanto você e você não vai passar por cima de mim!”.

Não deixe nunca que lhe digam que você é menos capaz apenas por que é mulher. Inspire your mind!


THAIS S.

Curitibana, que resolveu fugir um pouco do mundo acadêmico e expandir suas ideias por meio da escrita. Encontrou no blog "Adivinha Honey" uma forma de se conhecer melhor e se conectar com outras pessoas. www.adivinhahoney.com.br insta:@adivinhahoney .
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/sociedade// //THAIS S.
Site Meter