Água na peneira

Sou passarinho, sou passarela. Pensamentos que passarão...

Tamires Borges

Professora de História e apaixonada pelas insignificâncias. Amante de livros, vinhos e boas rezas.

  • neo master colégio.jpg
    A Vingança da Gentileza

    Em meio a nossa sociedade doente pelo eu, a gentileza tem se tornado algo caro demais para aqueles que nunca tem tempo... E, como bons “Josés Agradecidos” que somos, seguimos confiantes que recebemos o que emanamos e que cada um pode sim plantar uma semente de gentileza na vida de quem só tem terra batida.

  • 2 (2).png
    As cidades esquecidas de Minas Gerais

    Nos caminhos mineiros, muita poeira e suor. Raras eram as ruas asfaltadas, as casas com saneamento ou água de qualidade para o consumo. As casas eram muito simples, de chão batido, mas todas com uma TV de tela plana enfeitando a sala. A TV não era só uma TV, era a modernidade, o sabor do capitalismo fresquinho na estante. A necessidade da aceitação social passava pelo consumo, revelando assim a face mais dura do capitalismo: a afirmação do ter para ser.

  • INFOCHPDPICT000060256955.jpg
    Porque a morte de Domingos doeu em mim

    Quando morrer é tão inevitável quanto viver, quando a doença, a dor, nos matam pouco a pouco a morte é aceita, desejada. Vem vestida de descanso. Quando morrer significa deixar livros pela metade, sonhos inacabados e filhos por criar, quando a morte destrói seu agora e tira seu fôlego, então ela é cruel. Vem vestida de desespero.

  • fermina.png
    Gabo, quando a vida acaba?

    Desconfio ter uma alma envelhecida. Sendo assim, enxergo o mundo calmamente e percebo a cada dia que apenas estamos sendo o tempo todo. Não importa quantos anos se tem, quanto tempo passe, daqui a muitos anos, no fim da nossa estrada, ainda estaremos sendo. E quem está sendo, na verdade, nunca chega ao fim...

Site Meter