Vanelli Doratioto

Vanelli Doratioto é escritora e autora desse e de outros textos que podem ser lidos em sua página no Facebook. Ela espera todos vocês por lá (www.facebook.com/vanellidoratioto)

Para um Homem na Primeira Vez de Uma Mulher

"Lembra que todas mulheres levam na bagagem um bocado de expectativas e que muitas delas dizem respeito à primeira vez em que na cama se entregam a alguém".


Raul-Romo-X-C-Heads-5.jpg

Quando vier para o amor, venha com o melhor de si e ao me tocar não se esqueça de abrir os olhos e enxergar a vontade e o desejo meu, mas também a ansiedade e o medo que vivem em mim.

Lembra que todas mulheres levam na bagagem um bocado de expectativas e que muitas delas dizem respeito à primeira vez em que na cama se entregam a alguém.

Ser o primeiro a puxar a cortina que guarda esse momento é como encenar uma mágica tomando para si a responsabilidade de fazer a magia do encantamento e entrosamento acontecer.

Vem então, ludibria os meus olhos e encanta minha mente. Tomando cuidado para caber em mim na medida certa.

Lembra que eu nunca amei, lembra que meu corpo nunca foi de um alguém e que ele clama agora temeroso pelo toque seu.

Descobre o que há em mim que desconheço. Ensina-me o amor da carne. Me possui com o teu carinho e enxerga quem sou. Esquece aquilo que sai dos lábios meus pela ansiedade que me chacoalha por dentro.

Apodera-se de mim e me faz esquecer que preciso saber o que não sei. Me domina, calando com beijos todas as coisas ruins que me contaram antes de eu aqui estar.

Eu tenho receio de não saber me fazer amar e quero desesperadamente ficar, mas as vezes o medo em mim é largo e me faz querer correr para longe ao imaginar expostas as fragilidades minhas.

Você é a felicidade que sempre busquei e tê-lo tão perto, sentindo teu cheiro inundar meu mundo, me faz lembrar que as vezes o amor é tão bom que nem parece verdade.

Estremece então minha razão e entorpece meu mundo até que em uníssono nossos corações sejam apenas um.

Sorri dos meus receios bobos, das minhas vergonhas infundadas, da minha ignorância em não saber nada sobre o prazer do corpo meu e tenha comigo amor, cuidado e afeto.

Pega-me como se eu fosse um pássaro buscando voltar para o conforto do ninho e resgata em mim tudo o que posso ser de melhor.

Faz-me descobrir como é estar ao teu lado sem me deixar queimar pela beleza do que é tão atraente e ao mesmo tempo desconhecido.

Preocupe-se comigo e não se evada de mim. Mantenha seus olhos fixos nos meus e sua boca na minha na medida em que toma o corpo meu. Rasga todas minhas dúvidas e me mostra que você é bonito no corpo, na mente e no espírito ao me puxar pra si e se dar a mim, amando-me e enchendo-me de tudo que é.

E assim eu estarei repleta de você, em júbilo, na alegria de ser mulher na tua medida exata, certa de que o amor e seu êxtase dizem respeito não a um, mas a nós dois.

> Acompanhe esse e outros textos da autora através da página (Vanelli Doratioto - Alcova Moderna) no Facebook.

(Fotografia de Raul_Romo)


Vanelli Doratioto

Vanelli Doratioto é escritora e autora desse e de outros textos que podem ser lidos em sua página no Facebook. Ela espera todos vocês por lá (www.facebook.com/vanellidoratioto).
Saiba como escrever na obvious.
version 4/s/recortes// //Vanelli Doratioto