alfredo passos.br

Cinema e Literatura

Alfredo Passos

Alfredo Passos, professor universitário, autor de livros, blogueiro, adora livros, cinema, música e andar a cavalo. Mais sobre autor em http://about.me/alfredopassos

  • ryan-gosling-primeiro-homem.jpg
    O primeiro homem, atormentado, que pisou na Lua

    O filme “O primeiro homem,” protagonizado por Ryan Gosling, dirigido por Damien Chazelle e com roteiro de Josh Singer (Spotlight) apresenta um homem discreto e avesso a discussões

  • brasil.jpg
    4 Livros para pensar o Brasil

    O Brasil tem um dos piores índices de desenvolvimento humano da América Latina, mas ocupa uma posição de destaque entre as nações mais felizes no mundo, em estudo mundial sobre a felicidade

  • HESTORIAS-poster-1786x2636.jpg
    Freud e as Hestórias da Psicanálise

    Foi pensando em aproximar Freud do grande público que o psicanalista e documentarista Francisco Capoulade concebeu o projeto HESTÓRIAS DA PSICANÁLISE - Leitores de Freud

  • CAPA DO FILME GETÚLIO - JUNIOR DVDS DESIGNER.jpeg
    Política: ler e ver, antes de discutir

    Que tal parar de discutir e brigar com amigos, parentes, colegas de trabalho e desconhecidos pelas redes sociais, assistir filmes e ler livros sobre política?

  • roth 20 janeiro 1964.jpg
    Para ler e ver:o legado de Philip Roth

    Roth, foi o único escritor americano a ter sua obra publicada em edição completa pela Library of America em vida, faleceu aos 85 anos.

  • maxresdefault.jpg
    Cannes, alagoanos e cinema brasileiro

    A união dos alagoanos Cacá Diegues e Jorge de Lima, leva a Cannes suas respectivas obras: “O Grande Circo Místico”.

  • portada_civilizacao-2-edicao_niall-ferguson_201701052105 (1).jpg
    A história no cinema

    Os acontecimentos da pré-história até os dias atuais podem ser vistos através dos filmes.

  • plano-critico-Como-era-gostoso-o-meu-francês-luiz-santiago.jpg
    O cineasta que mostrou o Brasil

    Nelson Pereira dos Santos, paulista, criador do cinema moderno brasileiro e influenciador de muitos cineastas

  • rjpalacio.jpg
    Extraordinário: A emocionante história de August Pullman

    “Extraordinário” conta a inspiradora e emocionante história de August Pullman. Com deficiência facial, que, até agora, o impediram de ir a uma escola convencional, Auggie se torna o mais improvável dos heróis quando ele ingressa na 5ª série de uma escola comum.

  • 357174.jpg
    Cinema e Psicanálise: O Alucinado (Él)

    Em seu livro "O Meu Último Suspiro", Luis Buñuel Portolés, diretor de cinema espanhol, naturalizado mexicano, que trabalhou com Salvador Dalí, de quem sofreu fortes influências na sua obra surrealista, o autor menciona uma conversa com Jacques Lacan, que inclusive, participou de uma sessão do filme (O Alucinado), cujos espectadores eram todos seus colegas.

  • 20214109.jpg
    Cinema e Psicanálise: A Bela da Tarde

    O filme "A Bela da Tarde", vencedor do Leão de Ouro em Veneza, foi dirigido pelo espanhol Luis Buñuel Portolés (1900-1983), conhecido por sua obra surrealista e pela parceria com Salvador Dalí nos cultuados Un Chien Andalou e L’Age d’Or, um dos maiores autores do cinema, completa 50 anos.

  • Em Busca da Terra do Nunca Marc Forster 2004.jpg
    Escritores no cinema

    O cinema sempre gostou de mostrar personagens escritores.

  • filmes_11003_indigna11.jpg
    Indignar-se faz bem: livro e filme

    Philip Roth, é o único escritor americano vivo a ter sua obra publicada em edição completa pela Library of America. Assíduo em premiações literárias, já ganhou o Pulitzer e o Man Booker Prize, além da Gold Medal in Fiction, a mais alta distinção da American Academy of Arts and Letters.

  • cidade das sombras.jpg
    Os filmes influenciados por Jung

    Segundo Nise da Silveira, “Jung era um homem alto, bem construído, robusto. Tinha um vivo sentimento da natureza. Amava todos os animais de sangue quente e sentia-se com eles ‘estreitamente afim’. Amava as escaladas das montanhas, porém preferia velejar sobre o lago de Zurique. Possuía seu barco próprio. Na mocidade passava às vezes vários dias velejando em companhia de amigos, que se revezavam no leme e na leitura em alta voz da Odisséia. Também velejava sozinho, atividade que manteve até uma idade bastante avançada.” (SILVEIRA, 1978: 16).

  • 12974_gg A VIDA IMORTAL DE HENRIETTA LACKS.jpg
    Oprah Winfrey e sua Henrietta Lacks

    A vida imortal de Henrietta Lacks reconstitui a vida e a morte de uma das mais injustiçadas personagens da história da medicina.