alfredo passos.br

Cinema e Literatura

Alfredo Passos

Alfredo Passos, professor universitário, autor de livros, blogueiro, adora livros, cinema, música e andar a cavalo. Mais sobre autor em http://about.me/alfredopassos

Que tal um filme para se inspirar?

Para comemorar os 100 anos do cinema, o “American Film Institute”, realizou uma votação entre atores, diretores, executivos de cinema e críticos, para formar a lista dos 100 filmes mais inspiradores lançados pelo cinema americano. O filme com o maior número de votos, ou o número 1 da lista, foi “It's a Wonderful Life” dirigido por Frank Capra em 1946.


Wonderfullife_trailer_1.jpg

"It's a Wonderful Life", ou "A felicidade não se compra" em português do Brasil, ou "Do céu caiu uma estrela", em portugues de Portugal, foi dirigido por Frank Capra, em 1946.

É a história de um espírito desencarnado, candidato a anjo que, para ganhar suas asas, recebeu a missão de ajudar um valoroso empresário que, em virtude de grave problema financeiro, provocado por desonesto banqueiro, tinha a intenção de se suicidar.

O aspirante a anjo foi encontrá-lo na véspera do Natal, à noite, prestes a saltar de uma ponte nas águas geladas que corriam embaixo. Fazendo-se visível e identificando-se, falou de sua missão e, sem nenhuma pretensão de demovê-lo da ideia, comentou que seria um desperdício, porque ele vinha sendo importante para muita gente. Ante o ceticismo de seu protegido, que se sentia um fracassado, o amigo espiritual mostrou-lhe várias situações que teriam acontecido se não fosse sua interferência. A morte do irmão, a tristeza da esposa, a situação lastimável de sua cidade entre outras.

No elenco, nomes como: James Stewart, George Bailey; Donna Reed, Mary Hatch; Lionel Barrymore, Sr.Potter (Henry F. Potter); Thomas Mitchell, Tio Billy; Henry Travers, Anjo Clarence Odbody, AS2 e Beulah Bondi, sr. Bailey.

O filme serviu de inspiração para o seriado "O Homem Que Veio do ceú" e foi vencedor na categoria melhor diretor no "Golden Globes Awards".

Um cartão de natal

Entre as curiosidades deste filme, a primeira é que o autor do conto original do filme, Philip Van Doren Stern, "The Greatest Gift", como não conseguia publicá-lo em nenhuma editora, resolveu enviá-lo para uma série de amigos junto com um cartão de natal.

David Hempstead, um produtor da RKO Pictures, acabou comprando os direitos autorais, por dez mil dólares, para assim, produzir um filme.

O ator principal era para ter sido Cary Grant, mas por uma série de altos e baixos no projeto, gravações e regravações, Frank Capra logo chamou James Stewart.

Até o filme fazer sucesso no cinema, muitos roteiristas trabalharam no texto para o filme, inclusive, Dorothy Parker, Dalton Trumbo, Marc Connelly e Clifford Odets entre outros.

Embora este filme seja um clássico do cinema americano, não foi um sucesso de imediato e deixou seu diretor, Capra, em péssima situação financeira ao final das filmagens.

Verão 1946

É um filme de Natal, mas é possível ver que em determinadas cenas, Stewart está "suando". Isso se deve a ondas de calor muito fortes durante as filmagens do verão de 1946.

Outra curiosidade, se refere a Karolyn Grimes, que interpretou, "Zuzu". Nunca viu o filme até 1980.

FBI não gosta do filme

Em 1947, o FBI divulgou uma nota informando que o filme pode ter conteúdo de "infiltração comunista da indústria cinematográfica", pela tentativa de desacreditar o banqueiro no filme.

Oportuno perceber é a visão de Capra sobre o filme "eu nem sequer penso nisso como uma história de Natal quando eu realizei o trabalho pela primeira vez. Eu apenas gostei da ideia."

Ideias vencedoras podem ser assim; um cartão de natal, leva um conto, vira um filme que milhões de pessoas em vários países do mundo vão assistindo ao longo de muitos anos e fazendo diferentes leituras daquele anjo, aspirante, que foi encontrar aquele banqueiro, mas que na verdade, cada um espera, que também possa ter um anjo, que possa estar em algum lugar, que possa aparecer, em qualquer "véspera", para nos salvar! Referências: Jennifer M. Wood is a senior editor at MentalFloss.com e Wikipedia


version 2/s/cinema// @obvious, @obvioushp //Alfredo Passos