alfredo passos.br

Cinema e Literatura

Alfredo Passos

Alfredo Passos, professor universitário, autor de livros, blogueiro, adora livros, cinema, música e andar a cavalo. Mais sobre autor em http://about.me/alfredopassos

O primeiro homem, atormentado, que pisou na Lua

O filme “O primeiro homem,” protagonizado por Ryan Gosling, dirigido por Damien Chazelle e com roteiro de Josh Singer (Spotlight) apresenta um homem discreto e avesso a discussões


retrato-oficial-apollo-11-e1532179703187.jpg

A imagem de um homem descendo uma escada em solo desconhecido fez o mundo parar, quarenta e cinco anos atrás. Foi em 20 de julho de 1969 que Neil Armstrong, acompanhado por Buzz Aldrin e Michael Collins, comandou a missão Apollo 11, que transformava em realidade um dos maiores sonhos da humanidade: chegar à Lua.

primeiro homem armstrong.jpg

Neil Armstrong em biografia elaborada pelo especialista em história aeroespacial e em história da ciência e da tecnologia, James R. Hansen, permitiu acesso a seu acervo, concedeu 55 horas de entrevistas e enviou mais de 600 e-mails.

Segundo Hansen, seu biografado era um homem pragmático, complexo e brilhante, um ser humano de verdade. Apesar dessas qualidades, Armstrong era um homem atormentado. A razão é apresentada no filme, com mesmo nome do livro “O primeiro homem,” protagonizado por Ryan Gosling, dirigido por Damien Chazelle (La La Land, Whiplash) e com roteiro de Josh Singer (Spotlight).

Armstrong explicou, que seu feito, deveu-se ao acaso, a uma série de circunstâncias contingentes. E sempre fez questão de salientar o trabalho de equipe de 400 mil americanos que possibilitou o sucesso da missão Apollo. Embora ocupasse o topo da pirâmide, não houve nenhuma predeterminação para que se tornasse o comandante do primeiro pouso lunar ou o primeiro homem a tocar a superfície do satélite.

ryan-gosling-primeiro-homem.jpg

Ryan Gosling como o astronauta Neil Armstrong (O Primeiro Homem, foto: divulgação)

Por ser um filme focado no personagem principal, certas curiosidades não ficam tão claras, como por exemplo: a tripulação ficou apenas 21 horas em solo lunar, a missão completa durou 8 dias, desde o lançamento até o retorno à Terra quando a nave caiu em segurança no Oceano Pacífico.

buzz.jpg

O personagem Buzz Lightyear, famoso boneco astronauta do filme Toy Story, foi batizado em homenagem ao astronauta Edwin Eugene “Buzz” Aldrin Jr., o segundo homem a pisar na Lua, que mudou seu nome legalmente para Buzz em 1988.

A memória RAM da nave era de 2kb. Embora hoje em dia tenhamos celulares com memória RAM de 3GB (o equivalente a 3.000.000kb), os computadores que levaram o homem à Lua tinham apenas 2kb de memória, capacidade menor que a de uma calculadora de papelaria.

Além da bandeira norte-americana, Neil Armstrong e Buzz Aldrin colocaram no solo lunar uma placa assinada por eles mesmos, pelo terceiro astronauta da missão, Michael Collins, e pelo então presidente dos Estados Unidos, Richard Nixon, com a mensagem: “Aqui os homens do planeta Terra puseram pela primeira vez os pés na Lua. Julho de 1969 d.C. Viemos em paz em nome de toda a humanidade.”


version 15/s/cinema// @obvious, @obvioushp, @obvious_escolha_editor //Alfredo Passos