amarse

A vida é mesmo uma coisa efêmera

Ana Karoline

Estudante de psicologia , aos 21 anos tive a minha primeira publicação em jornal. Apaixonada pelo comportamento humano e fascinada por neurociência. Sonhadora, desbravadora e as vezes exagerada. Ridiculamente bem humorada, e amante da vida e de pessoas resilientes.

Sobre a tão cogitada resiliência

Perdeu um emprego, chore, terminou o namoro chore, está enfrentando crises pode chorar seja qualquer que for teu problema pode desentalar o peito e abrir o berreiro, mas tenha a plena consciência de que chorar não vai solucionar nem meia dúzia de seus problemas. Terminou de chorar agora é a hora de levantar-se e dá a volta por cima, não aceite viver um luto patológico.


203657_Papel-de-Parede-Tristeza-Profunda_1600x1200.jpg

Você sabe o que é resiliência? Resiliência é simplesmente a capacidade de dar a volta por cima, mesmo diante de situações que demostram que tudo chegou ao fim. As pessoas deveriam conhecer mais essa palavra é por em prática o sentido que esta carrega pessoas resilientes comumente vivem mais e possuem uma melhor qualidade de vida.

Não é difícil encontrar por aí pessoas marginalizadas, isoladas, simplesmente pelo fato de estarem passando por um término de um relacionamento. Sentem-se no fundo de um poço vivendo um mundo escuro, pois não possuem a capacidade de dar a volta por cima. Levantar-se, sacudir a poeira, é a tarefa difícil da questão, o ser humano não é um robô que se programa pra não sentir dor ou sofrer. Somos a espécie que está fadada ao sofrimento inevitável. Mas apesar de estarmos fadados ao sofrimento possuímos capacidades inatas e intrínsecas para solucionarmos problemas e saber lidar com eles.

Tente por em prática, veja o mundo de forma diferenciada, pratique a tão cogitada resiliência. Saiba dar a volta por cima, não aceite viver em um luto patológico. Se mova, saia da inércia. Não existe ninguém mais especial que ninguém, pode ser rico, ser de uma boa família e bem estudado. Não se iluda. Do psicólogo ao médico. Do mendigo ao bem estruturado. Ninguém é escolhido pra não sofrer, o sofrimento é inerente à espécie.

Somos seres ativos temos capacidades que vão além, abaixo listarei algumas medidas estratégicas que irão lhe ajudar a praticar essa tal resiliência.

A vida é curta: De fato a vida é muito curta se você costuma procrastinar seus problemas estará inevitavelmente perdendo muita coisa boa que a vida tem a lhe oferecer, tente aproveitar ao máximo sua vida de forma saudável e consciente.

Tente ser menos ansioso: A ansiedade e a principal vilã de pessoas que querem pelo menos tentar ser resilientes, a pessoa ansiosa não consegue ver a vida de forma saudável ela sempre sofre por antecipação, se você não tem certeza que algo pode acontecer, então pare de ficar especulando, e martirizando-se. A ansiedade nada mais é que o sofrimento antecipado.

Aprenda a controlar seus pensamentos: Os pensamentos controlam nossas atitudes, aprenda a ter controle sobre sua mente, não adotando somente pensamentos positivos, mas pensamentos coerentes com cada situação. Até porque pensar só positivo demais é também um problema. Tenha a total consciência de que os pensamentos controlam estado de humor, sentimento, comportamento e reações físicas.

Aprenda sempre ver o lado bom das coisas: Na vida nem tudo é tristeza, e sábio é aquele que sempre de uma tragédia consegue tirar algo proveitoso. Terminou um relacionamento e só consegue ver isso como uma tragédia, de fato você não é uma pessoa resiliente. Retire sempre um aprendizado de uma situação catastrófica. Faça alguma coisa, só não faça nada: Faça algo que possa lhe oferecer uma autoajuda. Aprenda a sorrir, seja recreativo, procure envolver-se em situações prazerosas. O que não vale mesmo é está sempre na mesma situação e não fazer nada para mudá-la.

Aprenda a vivenciar os problemas e saber a hora de solucioná-los: Perdeu um emprego, chore, terminou o namoro chore, está enfrentando crises pode chorar seja qualquer que for teu problema pode desentalar o peito e abrir o berreiro, mas tenha a plena consciência de que chorar não vai solucionar nem meia dúzia de seus problemas. Terminou de chorar agora é a hora de levantar-se e dá a volta por cima, não aceite viver um luto patológico.


Ana Karoline

Estudante de psicologia , aos 21 anos tive a minha primeira publicação em jornal. Apaixonada pelo comportamento humano e fascinada por neurociência. Sonhadora, desbravadora e as vezes exagerada. Ridiculamente bem humorada, e amante da vida e de pessoas resilientes. .
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// //Ana Karoline