arcano do aleph

“Alho e safiras na lama...” T.S. Eliot, Quatro quartetos, 1943

Thiago Castilho

Advogado e escritor, um homem de leis e letras. Acredito que a arte pode “ensinar a viver”. Ensinar a viver significa ensinar a lutar e a amar melhor a si e a toda humanidade. Adquirir o conhecimento e transformá-lo em sabedoria de vida no palimpsesto do pensamento. Eis meu ideal intelectual que busca realizar a experiência do autoconhecimento, não sei até se do absoluto e talvez do Sublime aplacando assim minha angústia existencial, sem soteriologia, porque ao contrário de Heidegger não acho que somos seres-para-a-morte, mas seres-para-a-vida e seres-para-o-amor. E “tornar-me senhor de mim mesmo” é o meu grande objetivo em busca de uma vida que vale a pena ser vivida.

PARA SER ADVOGADO

O grande Causídico uruguaio Eduardo Couture, em seu livro “Los Mandamentos del Abogado”, arrola os Dez Mandamentos do Advogado. A seguir se falará, brevemente, sobre cada um desses fundamentais princípios para todos que são ou desejam ser Bons Advogados


advogado.jpg

OS DEZ MANDAMENTOS DO ADVOGADO

1 – ESTUDA! Um Advogado deve estudar todos os dias: as novas leis; as doutrinas de renomados juristas; os entendimentos inovadores de jovens pensadores; as decisões relevantes dos Tribunais. Mas um Advogado deve ir além e procurar saber não apenas Direito, e deve perseguir o conhecimento de um modo geral: arquitetura, pintura, escultura, música, literatura, teatro (incluindo a dança) e cinema.

2 – PENSA! Um Advogado, a cada causa, deve procurar fazer um trabalho científico. Deve ouvir, com atenção, a versão do cliente e enchê-lo de perguntas; deve ainda analisar, com calma, as provas trazidas por este. Depois o Advogado deve estudar o caso, principalmente nos detalhes, e deve elaborar a argumentação que melhor será capaz de sustentar os interesses de quem confiou no trabalho dele.

3 – TRABALHA! Um Advogado deve construir a ponte entre os anseios de seus clientes e a efetivação da JUSTIÇA. Para tanto, deve ser capaz de correr atrás da concretização do melhor cenário possível para aquele que confiou nos serviços dele.

4 – LUTA! Um Advogado deve lutar pelo Direito sempre que esse se confunda com o que é a JUSTIÇA. Caso o Advogado constate que o Direito, pontualmente, esteja pervertendo o sentimento do justo, deve lutar, até com mais paixão e embebido em idealismo, pela JUSTIÇA, ainda que tenha que se contrapor a leis ou a todo um sistema.

5 – SÊ LEAL! Um Advogado deve confiar em seu cliente e deve respeitar a confiança que este lhe deposita. Ao mesmo tempo, um Advogado deve ser capaz de respeitar os adversários, mesmo quando esses adotem estratégias não recomendáveis. O Advogado, nesses últimos casos, deve ser agressivo não contra a pessoa do antagonista, mas contra o comportamento eventualmente antiético dele. E o Advogado deve ser leal ainda às autoridades que têm a espinhosa missão de aplicar as leis aos casos concretos, não devendo aquele subverter a verdade ou conduzir os julgadores a erros.

6 – TOLERA! Um Advogado deve tolerar as verdades alheias, contanto que essas tenham uma fundamentação lógica e não sejam criações cujo fim seja conduzir os julgadores a erros. Não deve ainda um Advogado acreditar que uma causa está vencida, mesmo quando tudo leve a essa crença, pois há entre a crendice e a realidade muitas reviravoltas, e esse profissional deve ser capaz de explicar esse fenômeno aos seus clientes.

7 – TEM PACIÊNCIA! Um Advogado deve ser paciente com seus clientes, os quais sempre compreenderão os casos deles como sendo os mais importantes e urgentes. Deve ainda o Advogado ter paciência para suportar adversários que nem sempre se comportarão de modo urbano e cordial. Devem os Causídicos ainda ter paciência, até demais, para conseguir esperar uma sentença, a qual dificilmente sairá antes de os clientes começarem a reclamar da lentidão do Poder Judiciário.

8 – TEM FÉ! Um Advogado deve ter FÉ no seu conhecimento, no Direito, na Justiça, na Paz entre os homens e deve acreditar fervorosamente que a verdade, se for a vontade do PAI, prevalecerá, cedo ou tarde.

9 – ESQUECE! Um Advogado não deve orgulhar-se excessiva e duradouramente de suas vitórias, nem tampouco se deve abater com suas eventuais derrotas. Deve o Advogado ter a capacidade de usar o conhecimento adquirido nas alegrias e nas tristezas para, com humildade, tornar-se melhor profissional e mais aperfeiçoado ser humano. Terminada uma ação, deve ainda o Causídico perdoar os exageros alheios e estar pronto para, sem rancores, encarar os próximos desafios.

10 – AMA TUA PROFISSÃO! Não é fácil ser ADVOGADO. Muitas vezes, enfrenta-se a concorrência desleal (ou o excesso de esperteza de alguns colegas de profissão); algumas vezes, não se é bem compreendido pelos clientes; às vezes, o retorno financeiro não é dos mais gloriosos ou, ao menos, oscila demais; e frequentemente se depara com abusos e excessos cometidos por autoridades; com desonestidades e com gritantes injustiças.

Contudo, como ADVOGADO, pode-se ser o HERÓI de causas perdidas e o MÁRTIR na luta até o fim pelo que se acredita. E, sem dúvidas, atuando assim, com amor pela JUSTIÇA, tem-se AMOR também em SER ADVOGADO, porque ser ADVOGADO, enfim, é isto: lutar ardorosa e amorosamente pelo que se acredita, ainda que se sofra e que tudo pareça sem solução.

Por: Antonio Samuel Carvalho Colares

palavra.png


Thiago Castilho

Advogado e escritor, um homem de leis e letras. Acredito que a arte pode “ensinar a viver”. Ensinar a viver significa ensinar a lutar e a amar melhor a si e a toda humanidade. Adquirir o conhecimento e transformá-lo em sabedoria de vida no palimpsesto do pensamento. Eis meu ideal intelectual que busca realizar a experiência do autoconhecimento, não sei até se do absoluto e talvez do Sublime aplacando assim minha angústia existencial, sem soteriologia, porque ao contrário de Heidegger não acho que somos seres-para-a-morte, mas seres-para-a-vida e seres-para-o-amor. E “tornar-me senhor de mim mesmo” é o meu grande objetivo em busca de uma vida que vale a pena ser vivida..
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/recortes// @obvious, @obvioushp //Thiago Castilho
Site Meter