O tamagoshi da vez


2004062601_orkutO Orkut é o tamagochi da era internet: ninguém sabe muito bem para que serve mas acaba viciado nele. E quanto mais se desconhece o sentido daquilo, maior é a compulsão e a dependência.[...] Para resumir o caminho do vício implacável: um belo dia você recebe um e-mail para tornar-se “amigo” de alguém. Isso lhe dá acesso ao Orkut, onde depois de preencher uma longa ficha com dados (opcionais) e uma foto (também opcional) você ganha uma espécie de mini-homepage, que centraliza suas informações e suas listas de “amigos”. Navegando pelos links, você pode ir “convidando” outros membros a serem seus amigos – e também ser convidado, é claro. Há ainda comunidades temáticas, que vão ampliando sua rede de “amigos”. Para que se tenha uma idéia, três semanas depois de ter construído uma página, tenho 83 amigos (só mesmo no mundo virtual) e, segundo o site, estou conectado, através deles, a 499.253 pessoas – um número que já tive que alterar quatro vezes entre o início e o fim desta coluna e que se mostra muito conservador diante de orkuteiros com centenas de amigos. [Artigo completo por Paulo Roberto Pires]


obvious magazine

There are those that look at things the way they are, and ask why? I dream of things that never were, and ask why not?
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/tecnologia// //obvious magazine