Um pequeno passo para o homem....


040719_moonpaper_250Há trinta e cinco anos atrás o astronauta Niel Armstrong saiu do módulo lunar da Apollo 11 e pisou o solo lunar. As palavras "That's one small step for a man, one giant leap for mankind" foram o climax da corrida espacial entre Soviéticos e Americanos. Apesar de poder parecer muito natural e banal, não deixa de ser admirável como foi possível este feito. Quais foram as motivações que tornaram possível realizar o programa Apollo? Provavelmente, na época, podemos acreditar que a ciência tinha uma grande influência na política, viabilizando verbas que nos permitiam descobrir e explorar novas fronteiras. Podemos também pensar que os economistas estavam extremamente optimistas dos possíveis dividendos que a administração da época poderia tirar das descobertas que ocorreriam na medicina, microelectrónica e afins. Esta realização seria o ponto de partida para tremendas alterações tecnológicas que ocorreriam neste pequeno planeta. Para além disso, havia também a expectativa da descoberta de novos recursos naturais que poderiam trazer tremendos dividendos económicos.

44133.27MOON-LANDING-ANNIVERSARY.sffPara os que gostam de teorias da conspiração, o programa Apollo poderia ser um tremendo elemento de distracção dos problemas da política interna e externa da altura.

De uma forma ou de outra, estas a muitas outras motivações, concretizadas ou não, beneficiaram do sucesso avassalador deste projecto. No entanto, a história mostra-nos que nenhuma foi suficientemente persuasiva para permitir a continuação do investimento necessário.

Para além de tudo isto, existiu algo mais que tornou tudo isto possível. O medo! O medo foi o grande motivo que tudo permitiu. Três presidentes, centenas de congressistas e as equipas privadas e governamentais tinham medo no tipo de mundo que teríamos se os US não conseguissem o sucesso. Não estavam com medo de Aliens, epidemias ou depressões económicas, mas sim do ajuste de alinhamentos num mundo no qual a tecnologia e liderança Americana ocupariam um plano secundário e consequentemente seria uma opção de segundo plano nos negócios, na cultura e na segurança.

2004072000_imagesO triunfo de Moscovo como primeira potência na corrida ao espaço causou uma tremenda impressão na opinião pública, nos membros do governo, em líderes económicos e intelectuais à volta de todo o mundo. Se a União Soviética conseguisse solidificar a sua superioridade no espaço, o símbolo do futuro, conseguiria influenciar o coração, pensamento e esperança de milhões de pessoas. O estilo de vida comunista iria tornar-se num modelo bem mais atractivo para muitas outras nações.

Tudo isto traria profundas consequências comerciais e diplomáticas sem qualquer benefício para os Estados Unidos. Os custos de tal mundo - desde perdas comercias até a perda de aliados - seria muito mais vasto do que o dinheiro gasto em todo o programa Apollo.


obvious magazine

There are those that look at things the way they are, and ask why? I dream of things that never were, and ask why not?
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 1/s/recortes// //obvious magazine