Windows - Os primeiros minutos em Net


survivalgraph O grupo Internet Storm Center publicou recentemente este gráfico que reflete o tempo de sobrevivência de um computador com Windows, desde o momento que é ligado a Internet, até que é comprometido por uma das vulnerabilidades explorada por worms ou vírus. No ano passado, no mesmo período, este tempo estava na casa dos 40 minutos tendo agora baixado para cerca de metade. O problema reside no facto deste tempo, por vezes, ser insuficiente para fazer download de patches da Microsoft, tornando a tarefa de instalação/protecção do sistema operativo um verdadeiro pesadelo. Já vários amigos me questionaram sobre o facto de serem incapazes de acabar uma vulgar instalação de windows. Num caso recente, onde era necessário instalar um Windows 2000, tornou-se mesmo impossível para esse utilizador ligar-se à Internet, dado que a vulnerabilidade que o Sistema Operativo possuía colocava o computador em processo de Shutdown passados poucos minutos. Quando se cancelava o shutdown, o stack TCP/IP crashava, desligando o sistema da Internet. Era o desespero, dizia: "Incrível, nem sequer consigo ter tempo para fazer download do patch que resolve o problema!" Para as pessoas mais familiarizadas com informática no ambiente de Internetworking, poderá ser simples salvaguardar-se destes percalços obedecendo a algumas regras básicas, mas para outras é um verdadeiro pesadelo. Imagino que se o leitor for daquelas pessoas que se enquadra no primeiro perfil, também já terá passado várias horas ao telefone a explicar a um colega, amigo ou familiar como proceder, sendo esta tarefa, por vezes, um pesadelo ainda maior do que o problema do vírus/worm :) No site do "The Honeynet Project" foi publicado em 2001 um pequeno guia que poderá dar alguma ajuda as pessoas com menos conhecimentos. Poderá obte-lo aqui.


obvious magazine

There are those that look at things the way they are, and ask why? I dream of things that never were, and ask why not?
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/tecnologia// //obvious magazine