Cantai ao Senhor


cantate_cd.jpg Sei que nesta altura é moda “recomendar-se” músicas natalícias do tipo Jingle Bells e White Christmas – um horror! Mas não resisto a recomendar este CD. Se bem que o seu conteúdo sejam músicas de Natal ou, em rigor, músicas que celebram o nascimento de Cristo, não é um disco qualquer: é uma obra-prima.

Com cerca de 30 anos – em plena era analógica – é, não obstante, até hoje das coisas que se gravaram mais próximas do “som real”. Trata-se de uma edição da Proprius, editora conhecida pela qualidade superior dos seus registos mas não se julgue por isso que é reservado apenas aos audiófilos, se bem que toda a sua beleza apenas possa ser apreciada num bom sistema sonoro. (além do mais soube da sua recente edição em SACD cuja audição deve constituir uma experiência inesquecível).

Uma igreja, um órgão, um naipe de metais, um coro e uma soprano (Marianne Mellnas) com uma voz do outro mundo fazem deste disco a minha derradeira referência musical. O espaço, os ecos, as posições dos elementos do coro, as vibrações das notas baixas do órgão, o ressoar dos metais – está lá tudo a sublimar a beleza da música! Se Deus existe Ele está na Voz...


version 1/s/musica// //seven