Quem tramou Santana Flopes?


Ménage à trois ou ménage à quattre?

flopes.jpg margarida.jpg barroso.jpg sampaio.jpg

Corre pelos mentideros a seguinte estória:

Furão Barroso e Santana Flopes eram bons amigos. Até que este último diz-se (ou melhor, não se diz porque parece mal – mas eu digo porque não tenho vergonha!) começou a fazer a corte à madame Barroso. Nem mais. A coisa arrastou-se até monsieur Barroso descobrir e ter dito: “Espera lá que assim que puder faço-te a cama!

A oportunidade surgiu com a Comissão Europeia. Terá sido o próprio Barroso a “forçar” o camarada Flopes a receber de mão beijada o presente envenenado que era suceder-lhe. É claro que o ambicioso Flopes deslumbrado com semelhante promoção nunca suspeitou de nada...

Além disso, Barroso sabia que Jorge Sampaio não gostava nada do Flopes e que iria tentar queimá-lo a todo o custo. Só assim se justifica, de resto, toda esta manobra aparentemente incoerente do Presidente: não lhe bastava dissolver o Parlamento e convocar eleições aqui há quatro meses; sabia que, se o fizesse, Santana poderia ganhá-las e alcançar legitimidade democrática; interessava-lhe a exterminação total!

Sim, Jorge Sampaio foi maquiavélico mas não chega sequer aos calcanhares de Barroso! Que ninguém se meta com ele!!! (ou com a sua consorte bem-amada...)


version 1/s/recortes// //seven