Maria cheia de graça


2005012200 Maria-Cheia-De-Graca-Poster01A realidade social colombiana é retratada neste filme através do relato de uma vida, a de Maria, que poderia ser a de muitos jovens colombianos que, perante a situação do país, procuram desesperadamente fugir da miséria em que se enterram. Maria Alvarez é uma adolescente de 17 anos, moradora dos arredores de Bogotá, que exerce um trabalho perigoso e mal-pago, cortando os galhos espinhosos de uma plantação de rosas. Prisioneira do mesmo destino das últimas três gerações de sua família, ela não pensa em outra coisa que mudar de vida. Não pode, entretanto, largar este emprego, porque sua sobrevivência e a de seus parentes depende de seu salário. Um dia, ela conhece Franklin, rapaz de fala macia que lhe faz uma proposta tentadora: ganhar um bom dinheiro e viajar. Na verdade, esta viagem acarreta que a menina se transforme numa “mula”, contrabandeando heroína para os EUA, escondida em cápsulas que ela deve levar dentro do próprio estômago.

Catalina Sandino Moreno, a actriz de 23 anos que dá corpo a Maria, é a grande revelação do filme. A expressividade, calma e equilíbrio que conseguiu emprestar a esta personagem valeram-lhe já vários louvores. A Los Angeles Film Critics Association considerou-a a actriz da nova geração, enquanto que a Chicago Film Critics e a IFP Gotham Awards foram unânimes em classificá-la como a estreante mais promissora. Também Joshua Marston, foi considerado a revelação em realização pela Los Angeles Film Critics Association, IFP Gotham Awards e pela New York Film Critics Online. Fazer um filme sobre esta temática sem cair no melodrama ou em falsos moralismos não é tarefa fácil mas Marston consegue-o com uma história pungente e interpretações convincentes, sóbrias e contidas. Estes são alguns dos factores que ajudam a explicar o facto de este filme ser um verdadeiro fenómeno, em termos de crítica. A Independent Spirit Awards nomeou-o para cinco categorias diferentes: Melhor Filme, Melhor Realizador (Joshua Marston), Melhor Primeiro Argumento (Joshua Marston), Melhor Actriz (Catalina Sandino Moreno), Melhor Actriz Secundária (Yenny Paola Veja). ''Maria Cheia de Graça'' foi ainda o vencedor de Melhor Primeiro Filme (Toronto Film Critics, New York Film Critics Circle), Melhor Filme Estrangeiro (Washington Film Critics, Southeastern Film Critics, San Francisco Film Critics Circle) e ainda Filme do Ano 2004 (pela Selecção Oficial do American Film Institute).


obvious magazine

There are those that look at things the way they are, and ask why? I dream of things that never were, and ask why not?
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/cinema// //obvious magazine