David Nebreda



051122_nebreda1.jpg

Feridas, sangue, excrementos. Castigo e dor física extrema impostos por vontade própia e captadas com uma camâra. David Nebreda já esteve à beira da morte. Aos 19 anos os médicos diagnosticaram-lhe esquizofrenia e, depois disso, várias vezes esteve internado em clínicas psiquiátricas.

Agora tem 50 anos. É licenciado em Belas Artes mas os seus conhecimentos sobre fotografia sao totalmente autodidatas. Passou anos sem sair de sua casa em Madrid onde agora vive sozinho: sem rádio, nem televisão, nem livros. Tão pouco mantém contacto social ou familiar. Num isolamento absoluto David Nebreda criou centenas de autoretratos e alguns desenhos pintados com o seu própio sangue. Reflecte o seu própio suplício cuidando até ao último detalhe a iluminação e decoração do seu mundo sem saída.

A obra de David Nebreda, desconhecida em Espanha, foi promovida em França. As reacções perante ela sempre são extremas: rejeição absoluta ou fascínio puro.

051122_nebreda2.jpg

051122_nebreda3.jpg

051122_nebreda4.jpg

051122_nebreda5.jpg

051122_nebreda6.jpg

seven

Co-fundador e ex-colaborador do obvious, actualmente retirado, foi responsável durante bastante tempo pela definição da linha editorial. Concebeu e coordenou a transição do blog para o formato de magazine.
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do obvious sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
v9/s
 
Site Meter