Santa Ignorância



cabula.jpg

Eis alguns exemplos de respostas imaginativas dadas por não menos imaginativos alunos nas suas provas escolares. Estão separados por disciplinas e escritos tal e qual no original.

História

A História divide-se em 4: Antiga, Média, Moderna e Momentânea (esta, a dos nossos dias) O Hino Nacional Francês chama-se La Mayonèse Tiradentes, depois de morto, foi decapitulado Entres os índios da América, destacam-se os aztecas, os incas, os pirineus, etc. No começo os índios eram muito atrazados mas com o tempo foram-se sifilizando Com a morte de Jesus Cristo os apóstolos continuaram a sua carreira Entre os povos orientais os casamentos eram feitos "no escuro" e os noivos só se conheciam na hora h.

Geografia

A capital de Portugal é Luiz Boa O principal rio nos Estados Unidos é o Mininici A Geografia Humana estuda o homem em que vivemos Na América Central há países como a República do Minicana A Terra é um dos planetas mais conhecidos no mundo As constelações servem para esclarecer a noite As principais cidades da América do Norte são Argentina e Estados Unidos

Ciências

Ecologia é o estudo dos ecos, isto é, da ida e vinda dos sons Solo é quando numa orquestra um dos músicos "capricha" sozinho e os outros ficam à escuta Assexuada é a pessoa que não está nem do lado de cá nem do lado de lá Trompa de Eustáquio é o instrumento musical de sopro, inventado pelo grande músico belga Eustáquio, de Bruxelas Newton foi um grande ginecologista e obstetra europeu que regulamentou a lei da gravidez e estudou os ciclos de Ogino-Knaus

Português

Parêntesis é o gráu da família que existe entre os pais e filhos, tios e sobrinhos, avós e netos, primos e primas, etc. Preposição, conforme diz a palavra pela sua própria entomologia, é aquela que é colocada antes da outra que é mais importante Conjunção é a grafia que se usa quando se quer conjugar um verbo Sujeito é a pessoa com quem a gente fala Concordância é quando nós estamos de acordo com o que o outro disse

seven

Co-fundador e ex-colaborador do obvious, actualmente retirado, foi responsável durante bastante tempo pela definição da linha editorial. Concebeu e coordenou a transição do blog para o formato de magazine.
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do obvious sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
v2/s
 
Site Meter