A mais famosa fotografia de sempre


 Fotografia Robert Capa Morte Miliciano Cerro Muriano Guerra Morte de um miliciano, Robert Capa, Cerro Muriano, 5 de Setembro de 1936 (25,5 x 35cm)

Escrito no verso, a tinta: Please credit ROBERT CAPA – MAGNUM / COURTESY – LIFE MAGAZINE. Legenda dactilografada em papel anexo: Panel 4. The moment of death, one of Bob Capa’s most dramatic photos, was taken in the instant a Loyalist soldier was dropped by a bullet through his head during the battle to defend Cadiz in the early part of the Spanish civil war, from the encircling insurgent forces.

…Rita Grosvenor, uma jornalista britânica destacada em Espanha, informou que um cidadão espanhol, chamado Mário Brotóns Jordá, havia identificado o homem da fotografia de Robert Capa como um tal Federico Borrel Garcia, que havia sido abatido na batalha de Cerro Muriano a 5 de Setembro de 1936. (…) …nos arquivos de Madrid e Salamanca havia um documento em que se afirmava que apenas um homem das milícias de Alcoy havia morrido em Cerro Muriano (…) Quando Mário Brotóns mostrou a fotografia de Robert Capa à viúva do irmão de Federico Borrel, ela confirmou a sua identidade.

(…) O facto perturbador de que o soldado aparece com as plantas dos pés apoiadas no chão, assim como a forma particularmente perturbadora como o homem sustém o seu fuzil (que indica que não o estava a usar naquele momento), levaram-me a reconsiderar a história que Hansel Mieth, fotógrafa da revista Life, me transmitiu em finais dos anos trinta (…). Segundo Mieth, Robert Capa havia-lhe contado um dia, muito alterado, as circunstâncias em que havia realizado a sua célebre fotografia:

- Estavam a fazer palhaçadas – disse ele. Todos estávamos a fazer coisas muito tontas. Mas estava tudo a correr muito bem. Não havia disparos. Desciam a correr pela encosta. Eu também corria. - Pediste-lhes que encenassem um ataque? – perguntou Mieth. - Absolutamente. Estávamos contentes. Se calhar estávamos um pouco loucos. - E então? - Então, de repente, aquilo converteu-se em algo real. A princípio não ouvi o disparo. - Onde estavas tu? - Ali mesmo, um pouco adiantado e ao lado deles.

(…) Robert capa limitou-se a acrescentar que aquele episódio o havia atormentado muito (…) que se sentia parcialmente culpado pela morte daquele homem. (…) … a publicação da fotografia nas revistas Vu e Life (…) foi amplamente aclamada como a mais impressionante e directa fotografia de guerra de todos os tempos.

In Richard Whelan, “Robert Capa. A biography


version 1/s/fotografia// @obvious, @obvioushp //seven