Não dizer nada


 Arte Letras Literatura Cesariny Surrealismo Espelho Magritte René Magritte, Espelho falso, 1928

Faz-me o favor de não dizer absolutamente nada! Supor o que dirá Tua boca velada É ouvir-te já.

É ouvir-te melhor Do que o dirias. O que és não vem à flor Das caras e dos dias.

Tu és melhor - muito melhor! Do que tu. Não digas nada. Sê Alma do corpo nu Que do espelho se vê.

Porque afinal o que importa é não ter medo, disse Mário Cesariny (09/09/1923 - 26/112006).


deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 1/s/artes e ideias// @obvious, @obvioushp //seven