Bass #1


O designer gráfico Saul Bass tornou-se conhecido graças aos genéricos que fez para o cinema. Em 1955, ao conceber a genial abertura do filme de Otto Preminger The man with the golden arm com uma simplicidade de meios espantosa, criou uma sequência que se tornaria antológica e um estilo que viria a ser a sua imagem de marca. Bass fez escola e ainda hoje é considerado uma referência fundamental nesta área. Quatro anos depois desenharia o genérico de Anatomy of a murder também de Preminger, desta vez ao som da memorável composição de Duke Ellington I'm gonna go fishin'.

Mas Bass trabalhou com muitos realizadores. Uma associação muito feliz foi a que teve com Alfred Hitchcock para quem concebeu, entre outras, a abertura de Vertigo em 1958 (ver as duas versões), North by the Northwest, em 1959 - traduzido para português como Intriga internacional e uma das minhas preferidas - e Psicho, em 1960.


deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 3/s/cinema// @obvious, @obvioushp //seven