Obra derradeira


 Mozart Requiem Musica

O Requiem de Mozart, composto em 1791, foi a sua obra derradeira. Tornou-se controversa porque até aos nossos dias não se sabe até que ponto estaria acabada à data da sua morte nesse mesmo ano ou não teria sido concluída por outra pessoa. Seja como for, é uma obra paradoxal porque é triste e séria ao contrário do tom jovial e quase infantil da maioria das suas composições mas a sua beleza é extraordinária. Ouvi-la hoje, no aniversário do seu nascimento, é mantê-lo vivo.

Wolfgang Mozart, Requiem KV 626 - Lacrimosa


deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 1/s/música// @obvious, @obvioushp //seven
Site Meter Site Meter