Birth of the cool


070708_blog.uncovering.org_miles-davis.jpg

Em 1949 Miles Davis assinou um contrato com a Capitol Records para gravar 12 temas destinados a ser editados em discos de vinil de 78 rpm. Na altura Miles tinha constituído um grupo mais extenso de que os habituais trios ou quartetos de jazz, composto por nove elementos, e procurava uma sonoridade mais elaborada e soft em alternativa aos temas rápidos que faziam a moda do bebop então em vigor. Apenas oito anos mais tarde, em 1957, os 12 temas foram reunidos num único e mítico álbum que recebeu o nome de Birth of the cool. A influência exercida por este álbum foi enorme. Como se não bastasse revelou ainda um músico espantoso e verdadeira alma do disco: Gerry Mulligan.

Venus de Milo (Gerry Mulligan) - Noneto de Miles Davis


deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 2/s/música// @obvious, @obvioushp //seven