Mapa de sucesso da Internet - Information Architects


 Mapa Internet Metro Web2.0 japan Information Architects

O Site Information Architects já tinha feito um mapa da Internet, recorrendo a um grafismo que em tudo fazia lembrar as grandes linhas de metro de algumas cidades como Paris, Londres, Nova York ou Tóquio. Foi precisamente com base nesta última, que nasceu a ideia inicial de criar um mapa web agregando os sites mais mediáticos da Internet. No seguimento do trabalho prévido, saiu recentemente a segunda versão com os 200 sites de maior sucesso, interligados através várias metodologias e notações que nos permitem ver a correlação do mundo segundo diversas perspectivas. Um trabalho fantástico que nos deixa horas a olhar para o o contexto global.

&t&tRelativamente à versão anterior, a actual possui mais websites que atingiram sucesso financeiro, com enfoque especial no domínio Ingles, Alemão, Japones e Chines. O Mapa é uma verdadeira obra de arte, permitindo-nos relacionar sites que são Nichos, Tendências ou Ferramentas. Adicionalmente são ainda utilizadas notações engraçadas, como por exemplo as previsões Meteorológicas. Estas associam o site a estados do tempo como "Sol", "Nublado", "Chuva" ou ";em;Tempestade", dando-nos uma noção do sucesso que o projecto atravessa na actualidade. Em termos de evolução web, o site tem numa notação que varia de Web 0.5 até Web 2.5, situando o observador quando à idade e simultaneamente grau de sofisticação do projecto.

Enfim, fica a versão em alta resolução para imprimir a colocar na parede. É sempre bom para impressionar os administrativos de algumas empresas.

Clique para ver a imagem ampliada Clique para ver a imagem ampliada

Information Architects


obvious magazine

There are those that look at things the way they are, and ask why? I dream of things that never were, and ask why not?
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 3/s/tecnologia// @obvious, @obvioushp //obvious magazine