Massimo Vitali - fotografar multidões


 Massimo Vitali Fotografia Pessoas Gente Sociedade Ferias Lazer

A postura do fotógrafo italiano Massimo Vitali aproxima-se do voyeur. Colocado numa plataforma situada 3 a 4 metros acima do solo ele observa as pessoas à medida que o tempo passa, no seu vai e vem do dia-a-dia. A maioria das suas fotos é obtida em locais de recreio e lazer, captando assim os estranhos e por vezes paranóicos rituais desta sociedade em tempo de férias. Um olhar crítico literalmente sobre um mundo de aparências.

Vitali nasceu em Como, em 1944, e estudou fotografia no London College of Printing. Nos anos 60' encetou uma carreira de fotojornalismo trabalhando para várias revistas italianas e europeias tendo, posteriormente, virado a sua atenção para o cinema e televisão. Somente a partir de meados dos anos 90' se dedicou à fotografia como meio de expressão artística e fê-lo servindo-se dela como uma ferramenta original para retratar o mundo.

O fotógrafo usa uma técnica apurada. Realiza apenas fotografias a cores de grande formato onde é possível ver simultaneamente o pequeno detalhe caricato e o enorme mosaico social policromado, que lembra vagamente algumas pinturas clássicas onde os corpos flutuam numa paisagem idílica. As fotos são neutras, afirma, embora irónicas. Registam o contraste violento entre um ambiente natural, quase sempre de grande beleza, e os corpos, roupas, adereços e actividades humanas próprias dos veraneantes, como se o seu divertimento se fizesse à custa da destruição do seu habitat. Não deixa de ser fascinante.

 Massimo Vitali Fotografia Pessoas Gente Sociedade Ferias Lazer

 Massimo Vitali Fotografia Pessoas Gente Sociedade Ferias Lazer

 Massimo Vitali Fotografia Pessoas Gente Sociedade Ferias Lazer

 Massimo Vitali Fotografia Pessoas Gente Sociedade Ferias Lazer

 Massimo Vitali Fotografia Pessoas Gente Sociedade Ferias Lazer

 Massimo Vitali Fotografia Pessoas Gente Sociedade Ferias Lazer

 Massimo Vitali Fotografia Pessoas Gente Sociedade Ferias Lazer

Link


deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 2/s/fotografia// @obvious, @obvioushp //seven