Batalha do Chile


 Batalha Chile Allende Pinochet Golpe Militar Estado Revolucao Cinema Filme Documentario

Considerado um dos melhores e mais completos documentários políticos do mundo, "A Batalha do Chile" é o resultado de seis anos de trabalho do cineasta chileno Patrício Guzmán. Dividido em três partes - A insurreição da burguesia, O golpe militar e O poder popular -, o filme cobre toda a história do Chile a partir dos esforços do presidente Salvador Allende em levar a bom termo a primeira tentativa de transição democrática para o socialismo da América Latina até ás brutais consequências do golpe de estado que, em Setembro de 1973, instaurou a ditadura militar do general Augusto Pinochet.

 Batalha Chile Allende Pinochet Golpe Militar Estado Revolucao Cinema Filme Documentario

 Batalha Chile Allende Pinochet Golpe Militar Estado Revolucao Cinema Filme Documentario

Patrício Guzmán vivia na Europa quando chegaram as notícias da subida ao poder da Unidade Popular. Entusiasmado, o cineasta voltou ao seu país e começou a filmar tudo o que podia. E Guzmán filmou tudo, até o último momento: greves, eleições, comités populares, manobras parlamentares, nacionalização de fábricas e de minas, manifestações estudantis, inquietação e desassossego da classe média, articulação militar e golpe de estado.

"Batalha do Chile" mostra um país vivo, em efervescência, e o seu grande mérito é o de mostrar de forma desassombrada a vida real de um povo, feita de avanços e recuos, de esperanças e de receios, de vida e de morte, no período mais conturbado da História do Chile. Entre muitas sequências históricas, o filme de Guzmán mostra a tristemente célebre cena do cameraman que, alvejado por um policia militar, filma a própria morte, e presenteia-nos com um outro documentário - "A Resistência Final de Salvador Allende" -, uma reconstituição dos últimos momentos de Allende antes do golpe.

Poucos dias depois do golpe, Guzmán foi detido em casa, levado ao Estádio Nacional e ameaçado de fuzilamento. Inexplicavelmente, foi libertado, o que não sucederia ao seu notável cinematografista, Jorge Muller Silva, que foi sequestrado pela polícia militar e nunca mais foi visto. As latas com o material bruto de "Batalha do Chile" foram embarcadas clandestinamente num navio e chegaram intactas a Cuba. Dois anos depois "Batalha do Chile" estreava nos festivais de cinema. Ganhou quase todos. E nós ganhamos um dos mais bem conseguidos documentos de um processo revolucionário que haveria de influenciar decisivamente todo trajecto político da América Latina e do Mundo.

 Batalha Chile Allende Pinochet Golpe Militar Estado Revolucao Cinema Filme Documentario

 Batalha Chile Allende Pinochet Golpe Militar Estado Revolucao Cinema Filme Documentario

 Batalha Chile Allende Pinochet Golpe Militar Estado Revolucao Cinema Filme Documentario


deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 5/s/recortes// @obvious, @obvioushp //jr