GM Futurliner


 Carros Automoveis GM Futurliner Parade Progress

O produto mais interessante da Parade of Progress era o próprio veículo que a transportava, de design futurista e semelhante a uma locomotiva moderna. Baptizado de Futurliner e apelidado carinhosamente de "Elefante Vermelho" devido às suas cores, é ainda hoje identificado com a famosa caravana. Dos 12 exemplares deste belíssimo veículo apenas um sobreviveu na versão original; os outros sofreram adaptações e restauros variados.

O Futurliner revelou-se desde o início problemático do ponto de vista mecânico, nomeadamente ao nível dos travões. Os seus argumentos residiam essencialmente nas suas linhas arrojadas, concebidas por Harley Earl. Construído integralmente em alumínio sobre uma estrutura de madeira era, apesar dos 10 metros de comprimento, bastante leve. O posto de pilotagem era semelhante ao de um avião, na parte superior. Uma primeira versão dispunha mesmo de uma carlinga que foi posteriormente substituída devido ao aquecimento que provocava no seu interior

Duas portas dianteiras, por baixo da cabina, davam acesso ao interior do veículo. Na parte da frente as letras GM brilhavam de dia e de noite, acendendo juntamente com os faróis centrais. Grande painéis laterais abriam-se e faziam deslizar uma plataforma que servia de palco. Por cima, no tejadilho, um sistema telescópico possuia uma bateria de holofotes. Para alimentar todos estes gadgets tecnológicos cada Futurliner dispunha de um gerador eléctrico próprio.

 Carros Automoveis GM Futurliner Parade Progress

 Carros Automoveis GM Futurliner Parade Progress

 Carros Automoveis GM Futurliner Parade Progress

 Carros Automoveis GM Futurliner Parade Progress

 Carros Automoveis GM Futurliner Parade Progress

 Carros Automoveis GM Futurliner Parade Progress

 Carros Automoveis GM Futurliner Parade Progress

 Carros Automoveis GM Futurliner Parade Progress

 Carros Automoveis GM Futurliner Parade Progress


seven

Co-fundador e ex-colaborador do obvious, actualmente retirado, foi responsável durante bastante tempo pela definição da linha editorial. Concebeu e coordenou a transição do blog para o formato de magazine.
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do obvious sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
x1
Site Meter