Sputnik: foi há 50 anos



 Sputnik Satelite Russia URSS Espaco Espacial Bip Beep Sovietico

Em 4 de Outubro de 1957 uma esfera de metal com cerca de 60 cm foi lançada para o espaço a partir da ex-União Soviética. Denominado Sputnik 1 - literalmente Satélite, em russo - marcou profeticamente o início de uma nova era: a da corrida espacial. Quem assiste hoje paulatinamente ao lançamento de mais um satélite de telecomunicações, tornado trivial, esqueceu ou não viveu a emoção dos vários momentos desta corrida alucinante que opôs as duas nações mais poderosas da Terra que, já não lhes bastando, as levou a virarem-se para o Espaço.

 Sputnik Satelite Russia URSS Espaco Espacial Bip Beep Sovietico

A história do primeiro satélite artificial é feita de um misto de sorte, oportunidade e inconsciência. Inicialmente empenhado no projecto de um aparelho sofisticado com meia tonelada, o programa espacial soviético decidiu arrepiar caminho e construir rapidamente um equipamento simples que batesse em velocidade os hesitantes projectos americanos. Assim foi: o Sputnik 1 foi concebido, construído e colocado em órbita em menos de um mês! Os EUA ficaram estarrecidos e mergulharam naquilo que ficou conhecido como "Crise Sputnik" e que levou, em última instância, a uma aposta definitiva no seu programa espacial e à criação da NASA.

É um facto que o satélite soviético abalou o mundo. As pessoas olhavam para o céu na esperança de o ver, apesar do seu reduzido tamanho e de orbitar a 250 Km de altitude. O único processo de acompanhar o seu percurso era utilizando telescópios ou ouvindo o sinal contínuo produzido pelo seu emissor de rádio, o característico bip. Radio-amadores procuravam sintonizar nos aparelhos o vestígio sonoro do seu rasto. Se, porém, o sinal se calava durante algum tempo, como aconteceu em 9 de Outubro de 1957, o mundo ficava suspenso e só serenava quando voltava a ouvir o seu bip tranquilizador.

O Sputnik 1 calou-se definitivamente no dia 29 desse mesmo mês, baterias esgotadas. Uns meses mais tarde, a 4 de Janeiro do ano seguinte, consumia-se em chamas ao entrar na atmosfera terrestre. Era o fim derradeiro. Guardámos o seu bip.

 Sputnik Satelite Russia URSS Espaco Espacial Bip Beep Sovietico

 Sputnik Satelite Russia URSS Espaco Espacial Bip Beep Sovietico

 Sputnik Satelite Russia URSS Espaco Espacial Bip Beep Sovietico

Sinal sonoro do Spunik 1 (bip)

seven

Co-fundador e ex-colaborador do obvious, actualmente retirado, foi responsável durante bastante tempo pela definição da linha editorial. Concebeu e coordenou a transição do blog para o formato de magazine.
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do obvious sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
v2/s
 
Site Meter