Steely Dan - Aja


 Musica Steely Dan Donald Fagen Walter Becker Aja Album Pop Rock Jazz Funk Blues

Corria o ano de 1977 e o panorama musical era dominado pelo disco sound quando saiu AJA, um álbum que fugia a toda a norma. Os responsáveis pela façanha chamavam-se Steely Dan, um grupo musical - ou melhor, um conceito - composto por Donald Fagen e Walter Becker. Não há palavras para descrever o tipo de música que faziam, mistura complexa de rock, jazz, funk, blues e pop a que se juntavam letras bem elaboradas, com um travo sarcástico, e uma execução técnica irrepreensível. Nunca se tinha ouvido nada assim. Com o passar do tempo AJA viria a tornar-se um álbum antológico.

 Musica Steely Dan Donald Fagen Walter Becker Aja Album Pop Rock Jazz Funk Blues

AJA é composto por sete temas de primeira água. Não há uma composição menor, menos conseguida ou que deixe a sensação de estar ali para "encher". Black Cow, Aja, Deacon Blues, Peg, Home at Last, I Got the News e Josie - qualquer um deles é candidato a um lugar num top intemporal. E, na verdade, AJA alcançou o 3º lugar do top five dos EUA com mais de um milhão de cópias vendidas, ganhou um Grammy e está incluído no ranking dos 500 melhores álbuns de sempre da Rolling Stone. A sua história foi documentada na séria da Tv americana Classic Albums.

Trata-se de um álbum exclusivamente de estúdio; só desse modo poderia ser posto em prática o perfeccionismo de Fagen e Becker. Toda a produção se revestiu de extremo cuidado, desde o grafismo escuro, com base numa foto tirada pelo próprio Becker, até aos arranjos musicais. Para além dos dois autores, responsáveis pelos teclados e guitarras, juntaram-se a este projecto músicos da estirpe de Larry Carlton, Lee Ritenour, Wayne Shorter, Steve Gadd e Michael McDonald, entre muitos outros.

Estando assim a qualidade musical assegurada - os músicos realizavam numerosas takes para se conseguir uma interpretação satisfatória aos olhos de Fagen e Becker - a qualidade sonora não era esquecida. Foi dada especial atenção ao registo sonoro de cada instrumento, à sua fidelidade, características e detalhe. Na mistura é, assim, possível ouvi-los distintamente, um pouco ao contrário da moda da época, onde predominavam as grandes massas sonoras indiferenciadas. O som quente e seco, sem eco nem reverberação, tornou-se a imagem de marca dos Steely Dan.

Com o aparecimento dos CD's e dos registos digitais foi enfim possível ouvir AJA em toda a sua plenitude e, sobretudo, conservar imaculada esta obra intemporal.

Deacon Blues - Steely Dan

This is the day Of the expanding man That shape is my shade There where I used to stand It seems like only yesterday I gazed through the glass At ramblers Wild gamblers That's all in the past

You call me a fool You say it's a crazy scheme This one's for real I already bought the dream So useless to ask me why Throw a kiss and say goodbye I'll make it this time I'm ready to cross that fine line

I'll learn to work the saxophone I'll play just what I feel Drink Scotch whisky all night long And die behind the wheel They got a name for the winners in the world I want a name when I lose They call Alabama the Crimson Tide Call me Deacon Blues

My back to the wall A victim of laughing chance This is for me The essence of true romance Sharing the things we know and love With those of my kind Libations Sensations That stagger the mind

I crawl like a viper Through these suburban streets Make love to these women Languid and bittersweet I'll rise when the sun goes down Cover every game in town A world of my own I'll make it my home sweet home

This is the night Of the expanding the man I take one last drag As I approach the stand I cried when I wrote this song Sue me if I play too long This brother is free I'll be what I want to be

Links: Aja, Steely Dan


deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 2/s/música// @obvious, @obvioushp //seven