A arte da fotografia conceptual


Fotografia Pessoas Grupos Guerra Antigo Seculo XX

Arthur Mole e John Thomas, numa altura em que a fotografia dava ainda os primeiros passos na história, conseguiram através da sua perseverança e capacidade técnica fotografar grupos de grande dimensão que criavam representações simbólicas de objectos e pessoas. À luz das capacidades do século XXI, tal tarefa, que chega a envolver 30.000 figurantes em simultâneo, é complexa e recheada de detalhes, fazendo-nos colocar em perspectiva as realizações magníficas de então.

Arthur e Thomas, os chamados "fotógrafos vivos", conseguiram captar estas fantásticas imagens no período de 1915-1920, em plena primeira grande guerra mundial. O seu objectivo era recuperar a imagem da identidade americana no momento em que os Estados Unidos entraram neste conflito em 1917.

A dimensão grandiosa deste projecto assume ainda maiores proporções pelo cariz filantropo dos seus autores, que em vez de prosperarem com a venda das imagens produzidas, doaram todos os lucros aos familiares dos soldados que voltavam do conflito e tentavam refazer as suas vidas.

Fotografia Pessoas Grupos Guerra Antigo Seculo XX

Fotografia Pessoas Grupos Guerra Antigo Seculo XX

Fotografia Pessoas Grupos Guerra Antigo Seculo XX

Fotografia Pessoas Grupos Guerra Antigo Seculo XX

Fotografia Pessoas Grupos Guerra Antigo Seculo XX

Fotografia Pessoas Grupos Guerra Antigo Seculo XX

refrência, referência.


obvious magazine

There are those that look at things the way they are, and ask why? I dream of things that never were, and ask why not?
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/fotografia// @obvious, @obvioushp //obvious magazine