Automotora Bugatti


 Motores Comboio Trem Bugatti

O idealista e perfeccionista que foi Ettore Bugatti pagou caro esta sua maneira de ser. Os seus veículos, autênticas obras de arte produzidas artesanalmente, traziam frequentemente à empresa avultados prejuízos. Foi o caso da série Royale que, não obstante a sua excelência, se revelou uma aventura comercial mal sucedida e obrigou o empresário a encontrar uma solução para a falência iminente. O seu lado pragmático fez com que concebesse uma locomotiva arrojada propulsionada pelos potentes motores dos Royale. Chamou-lhe wagon rapide e era-o, de facto.

 Motores Comboio Trem Bugatti

O WR continha toda a tecnologia de ponta, design e charme que caracterizava a marca. Foi o antepassado dos modernos comboios rápidos suburbanos. A primeira composição a circular, em Maio de 1933, atingiu 172 Km/h e uma velocidade de cruzeiro de 116 Km/h, notável para a época. No seu interior alojava nada mais nada menos do que quatro motores de 8 cilindros em linha de 12750 Cc que lhe conferiam a potência formidável de 800 Cv e um consumo ainda mais formidável!

As linhas aerodinâmicas da carroçaria fugiam a tudo o que era comum na época, em especial devido à colocação do posto de pilotagem na parte superior, lembrando a carlinga de um avião. Este posicionamento possuía, no entanto, uma visibilidade bastante fraca. Outros "pequenos pormenores", além do consumo, penalizaram também o veículo: o desgaste rápido das cintas dos travões e alguns problemas mecânicos não desejados. Tudo isso fez com que o WR não se tornasse um sucesso de vendas e a empresa continuou em situação financeira difícil.

Não obstante, Bugatti chegou a ver os seus veículos em funcionamento até 1958 em carreiras regulares da rede ferroviária francesa. Um dos seus clientes mais importantes foi o próprio estado francês que lhe encomendou diversos exemplares e transformou um deles no vagão presidencial. Como todos os Bugatti, o WR tornou-se hoje peça de museu.

 Motores Comboio Trem Bugatti

 Motores Comboio Trem Bugatti

 Motores Comboio Trem Bugatti


deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 3/s/design// @obvious, @obvioushp //seven