Museu H. R. Giger


 Arquitectura Arquitetura Bar Fantastico Giger Museu Terror

O Castelo de St. Germain, em Gruyères, na Suíça, é desde há dez anos o museu pessoal do excêntrico artista H. R. Giger. Se o seu nome não é familiar a alguns, bastará dizer que ele foi o responsável por uma das mais aterradoras figuras que o cinema já criou, Alien, para se produzir de imediato o reconhecimento. Foi, com efeito, com base nos seus desenhos de uma criatura denominada Necronom que Ridley Scott realizou em 1979 "Alien, o oitavo passageiro". Mas o museu de de Giger é muito mais. Aloja também a residência do artista, a sua galeria pessoal e, entre outras coisas, um fantástico bar.

O bar ficou concluído em 2003, após quatro anos de complexas obras onde Giger se empenhou pessoalmente para que tudo tomasse o aspecto que idealizara ao mínimo detalhe. Este foi o terceiro espaço deste género que concebeu, o primeiro foi em Tóquio e o outro na sua cidade natal, Chur, na Suíça. Na onda que o caracteriza, o artista concebeu o bar como uma enorme caverna biomórfica e sinistra que evoca o interior de qualquer animal monstruoso, pré-histórico e fossilizado. Vértebras, ossos e outros elementos biológicos são reproduzidos no betão, no bronze ou no plástico de modo inquietantemente realista.

Razões de sobra para ter medo, muito medo, mas para não deixar de visitar, se for à Suíça, este local extraordinário. Entretanto, veja o link.

 Arquitectura Arquitetura Bar Fantastico Giger Museu Terror

 Arquitectura Arquitetura Bar Fantastico Giger Museu Terror

 Arquitectura Arquitetura Bar Fantastico Giger Museu Terror

 Arquitectura Arquitetura Bar Fantastico Giger Museu Terror


version 2/s/arquitetura// @obvious, @obvioushp //seven