Ponte Khaju



 Arquitectura Arquitetura Irao Khaju Pontes

Localizada na província de Isfahan, no Irão, a ponte Khaju cumpre múltiplas funções. A primeira e mais elementar é a de ligação entre as duas margens do rio Zayandeh; simultaneamente serve de dique e separa dois trechos do rio com níveis diferentes; por fim, é um excelente local de lazer, com os seus pavilhões e degraus sobre a água, numa região onde o calor se faz sentir com intensidade.

A ponte foi construída no século XVII com vinte e três arcos ogivais feitos em pedra e tijolo vencendo um vão de 105 metros. No nível superior o tabuleiro possui um corredor central pavimentado, por onde passa o tráfego rodoviário (cavalos e carroças, principalmente), e duas galerias laterais cobertas por abóbadas destinadas aos peões. A concepção funcional e a qualidade do espaço são irrepreensíveis.

As arcadas que suportam o tabuleiro são utilizadas com local de repouso e refresco graças à sua sombra e proximidade com a água. Mais abaixo, alicerces bem delineados sustêm e encaminham as águas do nível superior, a montante, para o nível inferior através de um conjunto de degraus muito elegante que agarra toda a estrutura ao leito do rio. São usados comummente pela população como plataforma de desfruto do rio, como se fosse uma praia fluvial.

 Arquitectura Arquitetura Irao Khaju Pontes

 Arquitectura Arquitetura Irao Khaju Pontes

 Arquitectura Arquitetura Irao Khaju Pontes

 Arquitectura Arquitetura Irao Khaju Pontes

seven

Co-fundador e ex-colaborador do obvious, actualmente retirado, foi responsável durante bastante tempo pela definição da linha editorial. Concebeu e coordenou a transição do blog para o formato de magazine.
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do obvious sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
x1
 
Site Meter