Tipografia 2.0?


 Escrita Font Fonte Letra Tipografia Typography

Franz Hoffman, Pierre Terrier e Marc Escher estão a deitar abaixo as fronteiras na digitalização da escrita humana. O seu projecto, Fontself, é uma extraordinária aventura que está já bastante perto de se tornar pública e activa.

Iniciado em Abril de 2007, o Fontself pode ser encarado como um regresso à caligrafia, uma humanização do utilizador de computadores e certamente uma nova era na forma como comunicamos através de um teclado.

Imagine que poderia pegar na sua letra e através de artes mágicas ou de um qualquer software pudesse fazer com que o seu teclado adquirisse a capacidade de escrever como a sua mão. É isso que o Fontself fará. O processo, de forma muito sucinta, será baseado no preenchimento de uma grelha de caracteres por parte do utilizador, a subsequente digitalização e transformação numa vulgar fonte (letra) para computador. O software não só gerará uma fonte baseada na sua escrita como criará alguns milhares de variações da mesma.

Mas já não existem tipos de fonte que simulam a escrita manual? Sim claro mas apenas simulam uma qualquer escrita de alguém, perfeitamente mecanizada, sem as incorrecções naturais da escrita humana, sem a inclinação que cada um de nós dá a cada letra, sem as ligações entre caracteres. Enfim, sem o calor da escrita humana. Além de tudo isto, o Fontself capta igualmente as características do objecto de escrita. Uma BIC é diferente de uma Parker, um lápis de cera diferente do porta-minas. A minha letra diferente da sua.

Não deverá faltar muito até que o possa usar em toda a sua plenitude mas até lá poderá ir testando as demonstrações (ver links abaixo). Mesmo não podendo utilizar o seu tipo de letra vai perceber a diferença entre o Fontself e todas as outras formas de simulação de escrita à mão.

O Fontself será, quando lançado publicamente, um projecto online de utilização inteiramente gratuita!

LINKS: - Fontself - Demonstração 1 - Demonstração 2


Rui Costa

Editor da WOM. Adoro a Humanidade e as coisas bonitas que ela produz. Vou anotando o que mais me agrada.
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 1/s/tecnologia// @obvious, @obvioushp //Rui Costa