Arquitectura moderna para elefantes


 Animais Elefantes Estabulos Jardim Pavilhao Zoo Zoologico

Uma das responsabilidades dos arquitectos é garantir que os edifícios que projectam se adequam perfeitamente aos seus utilizadores. Se esta tarefa é por vezes difícil devido às particularidades de certas pessoas, imagine-se uma situação em que os utilizadores, para além de não serem humanos (mas não desumanos), são gigantescos. Foi o que aconteceu com o pavilhão dos elefantes no Jardim Zoológico de Copenhaga, na Dinamarca, concebido pelo arquitecto Norman Foster.

Um grupo de elefantes indianos são os felizes locatários desta nova construção que tenta dentro do possível recriar o seu habitat natural. Dois grandes espaços permitem que os animais se reunam e, inclusivamente, durmam em conjunto, contrariamente ao que é muitas vezes comum em cativeiro. A cobertura é uma estrutura envidraçada em forma de bolha que simula o ambiente produzido pelas copas das árvores. No interior existem ainda as inevitáveis poças de água e lama, necessárias à vida destes elefantes e alguns verdadeiros requintes, como o chão aquecido.

 Animais Elefantes Estabulos Jardim Pavilhao Zoo Zoologico

 Animais Elefantes Estabulos Jardim Pavilhao Zoo Zoologico

 Animais Elefantes Estabulos Jardim Pavilhao Zoo Zoologico

 Animais Elefantes Estabulos Jardim Pavilhao Zoo Zoologico

Foster + Partners


deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 6/s/arquitetura// @obvious, @obvioushp //seven