Edgar Mrugalla, o grande falsificador


 Arte Pintura Falso Falsificacao Quadros Edgar Mrugalla As Banhistas - Pierre-Auguste Renoir (1887)

O leitor é muito rico, encomendou um submarino Phoenix 1000 e está a pensar investir em Arte? Poderá comprar uma das 10 pinturas mais caras de sempre mas, se o fizer, saiba que há uma possibilidade de estar a adquirir uma falsificação. Na verdade, um cálculo feito por alto estima que cerca de metade das obras de arte negociadas em todo o mundo podem ser falsas - 70% dos Chagall, 90% dos Dali e numerosos van Gogh. Se, no entanto, a obra em questão for um Rembrandt, um Picasso ou um Renoir, saiba ainda que essa possibilidade aumenta ainda mais. O seu falsificador é seguramente Edgar Mrugalla.

Ao longo da sua vida o pintor alemão, actualmente com 65 anos, já copiou cerca de 3500 quadros de artistas famosos. Pintou todos os Rembrandt, Picasso, Renoir, Klimt, Macke e muitos outros de incontáveis artistas famosos mas nunca Dali. Mrugalla não gostava do pintor espanhol. É um autodidacta. Começou a copiar obras célebres por curiosidade, para saber como tinham sido pintadas. Rapidamente descobriu em si uma capacidade notável, fosse na técnica do óleo, da gravura (fez diversas cópias de Rembrandt) ou outra.

 Arte Pintura Falso Falsificacao Quadros Edgar Mrugalla

Não se sabe exactamente quando nem como começou a vender os seus trabalhos. O que é certo é que o fez e que isso lhe custou dois anos de prisão em 1987. Paradoxalmente, foi libertado por ter colaborado com as autoridades e ajudado a desmascarar falsificações de obras de arte, as suas e as de outros, supõe-se. Irónico. Pese embora todos os juízos de valor sobre a sua actividade, é impossível olhar para os trabalhos de Mrugalla sem reconhecer o seu talento. Um homem com a capacidade de se "meter na pele" de obras de artistas tão diversificados merece admiração pelo seu génio. Porquê então dedicar-se apenas à cópia e não realizar obras suas, genuínas? Talvez não estivesse disposto a esperar por uma notoriedade incerta como autor ou achasse que seria mais fácil atingi-la como copista, passe o eufemismo. Um talento desperdiçado?

 Arte Pintura Falso Falsificacao Quadros Edgar Mrugalla Cópia de "Haus Im Garten" - 1914 (Auguste Macke)

 Arte Pintura Falso Falsificacao Quadros Edgar Mrugalla Cópia de "Der Engel verlässt die Familie des Tobias" - 1641 (Rembrandt)

 Arte Pintura Falso Falsificacao Quadros Edgar Mrugalla Cópia de uma gravura de Egon Schiele

Poderão encontrar mais informações na página pessoal do artista (em alemão).


version 2/s/artes e ideias// @obvious, @obvioushp, eros //seven