Os Papas de Francis Bacon


 Arte Pintura Surrealismo Francis Bacon Papa Inocencio Velazquez Francis Bacon, Figure with Meat, 1954

A par dos quadros que as reproduções falham em mostrar, também há aqueles que só podem ser vistos em reproduções ou que não se querem ver excepto em reproduções. Aqui, a história da relação de Francis Bacon com o retrato do Papa Inocêncio X, de Velázquez.

 Arte Pintura Surrealismo Francis Bacon Papa Inocencio Velazquez Diego Velázquez, Pope Innocent X, 1650

 Arte Pintura Surrealismo Francis Bacon Papa Inocencio Velazquez Francis Bacon, Study after Velazquez I, 1950

O quadro de Velázquez está em Roma na Galeria Doria Pamphilj. Francis Bacon viu-o em reprodução e reuniu depois uma vasta colecção de reproduções através das quais veio a estudar e a conhecer profundamente o quadro. Teve o cuidado de nunca o ver ao vivo e quando esteve em Roma evitou a todo o custo o encontro.

 Arte Pintura Surrealismo Francis Bacon Papa Inocencio Velazquez Francis Bacon, Study after Velazquez's Portrait of Pope Innocent X, 1953

Entre 1951 e 1965 pintou 45 estudos, variações, reacções ao quadro de Velázquez. Diz-se que quando por fim parou o terá feito exercendo alguma violência sobre si mesmo, forçando-se a parar.

 Arte Pintura Surrealismo Francis Bacon Papa Inocencio Velazquez Francis Bacon, Study for Portrait VIII, 1953

As razões pelas quais Bacon nunca viu o quadro de Velázquez são incertas: não se sentia preparado, não se sentia merecedor, o quadro tinha assumido dentro de si uma vida própria que Bacon desejava preservar e que o encontro ao vivo poderia destruir ou tudo isto.

Lamenta-se a decisão de Bacon de não querer ver o original de Velázquez, quer porque poderia ter feito observações que teriam melhorado a sua técnica e em consequência a sua pintura, quer porque poderia ter feito mais variações.

Os papas de Bacon estão entre as minhas pinturas preferidas, pela consciência do quanto Bacon terá sido perseguido pelo quadro de Velázquez e especialmente pela capacidade expressiva das variações - são quadros com som e desespero intensos, quando em silêncio são quadros que incomodam; todos interrogam, interpelam. Gostava de ver ao vivo, pelo menos, este:

 Arte Pintura Surrealismo Francis Bacon Papa Inocencio Velazquez Francis Bacon, Study for the Head of a Screaming Pope, 1952


deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 2/s/artes e ideias// @obvious, @obvioushp //sao reino