William Shatner a cantar


 Cantor Actores William Shatner Star Trek Estrelas Musica Cinema Tv Humor

O actor William Shatner ficará para sempre associado à personagem do Capitão Kirk de Star Trek, um jovem oficial valente e garboso que, ousadamente, foi onde nenhum homem jamais tinha ido... Talvez Shatner fosse um indivíduo modesto antes de conhecer a fama e se tenha modificado. O que é certo é que o actor passou a tomar-se em muito boa conta, julgando-se mesmo um galã irresistível dotado de múltiplos talentos, entre eles o de cantar. E por isso cantou e, não satisfeito, gravou. Se você é daqueles fãs incondicionais de Star Trek e acha que William Shatner era o máximo, prepare-se para ver um mito destruído ao ouvi-lo cantar...

Bom, na verdade William Shatner não canta - esta é a verdade. Fala. O que ele faz é uma espécie de scat com um toque muito pessoal. O primeiro exemplo que podemos ver é uma adaptação do famoso Rocket Man, de Elton John e Bernie Taupin, protagonizado num registo ímpar numa época em que não era ainda proibido fumar no cinema e na Tv. Shatner mostra que, além dos seus dotes vocais, sabe manejar um cigarro entre os dedos e dar uma boa puxada. Boa pinta.

Segue-se It was very good year, um standard que já foi interpretado inclusive pela própria "voz" - Frank Sinatra - que, estamos certos, se roeu de inveja. Desta vez o tom adoptado pelo actor move-se entre o irónico e o "ó pra mim como eu sou bom". Os grandes planos do seu rosto são dramáticos e William Shatner arrasa literalmente.

Por fim o seu maior sucesso: Lucy in the sky with diamonds. Um dos mais psicadélicos temas dos Beatles é aqui reinventado de uma forma surpreendente fazendo o actor levar o seu registo vocal até limites insuspeitados. Um clássico, e Shatner um visionário. O vídeo, habilmente montado, reforça a envolvência musical e faz alusões subtis, quase subliminares, à história de LSD, a heroína do tema :) De ir às lágrimas.


deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 3/s/música// @obvious, @obvioushp //seven