Estes homens incríveis e suas invenções maravilhosas


 Criatividade Engenhocas Gadgets Invencoes Inventos

Maurice Collins é um empresário aposentado de Muswell Hill, Londres, e seu hobby é colecionar gadgets históricos. Invenções que tinham a ingênua pretensão de solucionar dificuldades da vida. De sua enorme coleção com mais de 1.400 itens, ele selecionou 50 para expor no British Library Business and Intellectual Property Centre. Se hoje não passam de objetos inusitados e curiosos, na época foram criados cheios de boa intenção. A seguir pode-se ver exemplos da inventividade humana.

Mapas de pulso Pode soar como piada, mas podemos considerá-lo como o pai do GPS ou a versão impressa do Google Maps. A idéia de 1920 era bastante interessante, embora provavelmente nada prática. Quem sabe com a ajuda de um "navegador" no banco do lado, ficasse mais fácil de ser usado. Pequenos pergaminhos com rotas de estradas eram encaixados na base do que seria o visor. Ao girá-los, o caminho a ser percorrido aparecia em sequência, direcionando o motorista pela rota correta. Sozinho, um motorista corria sérios riscos de causar ou sofrer acidentes tentando se situar. A invenção foi um fracasso e pouquíssimas pessoas se interessaram.

 Criatividade Engenhocas Gadgets Invencoes Inventos Alarme de porta Parecido com um doorstop, aqueles acessórios usados para prender portas, este interessante objeto tinha o funcionamento bastante simples. E óbvio. Encaixado sobre a porta, uma pequena alavanca ficava erguida. Caso alguém tentasse empurrar a porta para abrí-la, ela virava um pêndulo que acionava uma poderosa campainha. Inventivo, mas nada efetivo em termos de segurança.

 Criatividade Engenhocas Gadgets Invencoes Inventos

Carteira porta-arma Em tempos de insegurança, esta inusitada carteira tinha espaço para algo mais que dinheiro e lencinhos. Discreta, tinha o compartimento para se guardar uma pequena arma e uma bala. Sim, apenas um projetil! Além de tudo, a dona da carteira precisava ser boa de mira.

 Criatividade Engenhocas Gadgets Invencoes Inventos

Massageador elétrico Se nos anos da década de 30 a massagem era considerada não um luxo, mas como algo essencial para manter a pele saudável, este massageador certamente não trouxe muito bem-estar aos seus proprietários. Invariavelmente, levava-se pequenos, mas desagradáveis choques elétricos.

Massageador de olhos Até o nome assusta, imagine então o funcionamento desta geringonça. A pessoa encaixava firmemente o rosto na máquina e mantinha os olhos bem abertos nos locais indicados. Na parte de trás, apertava-se os bulbos de borracha que lançavam jatos de ar diretamente no globo ocular. Lágrimas deviam rolar.

 Criatividade Engenhocas Gadgets Invencoes Inventos

Óculos com luzes A intenção era das melhores, mas adaptar duas lâmpadas na armação de um óculos já não parece nada agradável e tampouco prático. Mas se além de tudo, fios elétricos saíssem da sua cabeça em direção as baterias que ficavam nos seus bolsos, a idéia devia soar ainda mais aterrorizante.

 Criatividade Engenhocas Gadgets Invencoes Inventos

Protetores de bigode Homens com bigodes enormes não deviam ser a melhor das visões durante as refeições e a intenção destas invenções até que era louvável: evitar que líquidos e pedaços de comida se alojassem nos pêlos. Esta xícara e colher tinham proteções que deixavam passar apenas o alimento sem que os bigodões fossem atingidos. A efetividade era duvidosa e aparentemente caiu em desuso.

 Criatividade Engenhocas Gadgets Invencoes Inventos Alongador de dedos Este aparelhinho pode ter acabado com a carreira de muito pianista. Seu objetivo era alongar os exigidos dedos dos músicos, que precisavam de maior elasticidade e flexibilidade, mas esta invenção de 1910 parece não ter sido aprovada.

 Criatividade Engenhocas Gadgets Invencoes Inventos

Infinitas outras invenções inúteis foram criadas, mas graças a tanta criatividade e ousadia em épocas passadas que existem as grandes invenções de hoje. E justamente esta necessidade e busca pelo novo que fazem a humanidade evoluir sempre. Que bom.


andré montejorge

é publicitário, tem dois filhos e ama cozinhar. Edita o Bem Legaus além de colaborar com alguns blogs de várias nacionalidades. Pretende virar chef de cozinha e quem sabe manter um blog sobre culinária.
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/recortes// @obvious, @obvioushp //andré montejorge