Destinos Literários



literarios destinos turismo mundo paris afeganistao portugal brasil Paris

Sim, os livros são capazes de nos fazer viajar para muitos lugares, sejam eles existentes ou não; mas como seria extrapolar a ficção e conhecer os sentidos dos lugares onde se passaram as histórias imaginadas pelos escritores? O que era há pouco tempo atrás uma aventura confinada a intelectuais, amantes radicais da literatura ou passeantes, tem se tornado um novo ramo do turismo em todo o mundo, o turismo literário.

Ele consiste em visitar os lugares reais citados nas obras de ficção nos fazendo viver de uma nova forma a experiência que tivemos através da leitura e parece ter ficado mais evidente após o sucesso do livro “O Código da Vince” que arrastou milhares de turistas pelas ruas, igrejas e museus parisienses e londrinos que buscavam ver de perto os supostos mistérios descritos por Dan Brown. Em 2005, essa era a prioridade de 8 entre 10 turistas que visitaram as capitais da França e Inglaterra. Formou-se mesmo a tal “rota do Código da Vince” onde guias que sabiam de cor onde ficava o que tanto nas cidades como no livro, mostravam aos grupos todos os detalhes levantados pelo autor do best-seller.

O fenômeno não é novo. No Rio de Janeiro do século XIX, a pouco usada linha de barcas que ligava a Ilha de Paquetá ao continente tornou-se um dos locais mais freqüentados do Império a partir de 1844 quando Joaquim Manoel de Macedo lançou seu açucarado romance “A Moreninha”, era o “Código da Vince” da Corte brasileira. Ainda hoje estão lá os guias que mostram a Praia da Moreninha, o Morro da Moreninha e etc.

literarios destinos turismo mundo paris afeganistao portugal brasil Transilvânia

literarios destinos turismo mundo paris afeganistao portugal brasil Transilvânia

Mas um dos destinos mais fascinantes é o que nos leva à Transilvânia, na Europa Central: a Meca dos Vampiros. A região ambientou o romance “Drácula” de Bram Stoker, que a descreveu como dona de ambientes sombrios, recheado de castelos e palacetes, incríveis charretes e enigmáticos ciganos. Lá nasceu Vlad Tepes, o príncipe da Valáquia que, na versão de Stoker, teria renegado a fé cristã a tal ponto que, por castigo, fora transformado num ser imortal que se alimenta de sangue humano. Já na versão historicisada, Tepes teria matado dezenas de milhares de otomanos atravessando seus corpos com lanças de madeira, o que lhe rendeu o título de “O Empalador”. Dando corpo às lendas, podem ser vistos nessa região romena o Castelo de Bran (que inspirou Bram Stoker) e o castelo de Conde Tepes.

literarios destinos turismo mundo paris afeganistao portugal brasil Ilheus

Versando sobre assuntos mais carnais, Ilhéus, na Bahia, abriga um bairro inteiro com o nome do autor que consagrou a cidade. No bairro Jorge Amado estão a antiga casa do escritor e as ruas onde pisaram os instigantes pés de Gabriela, Cravo e Canela. Através da visita guiada, o turista pode conhecer detalhes sobre a vida do escritor, de suas inspirações e seus personagens em um passeio que incluem cafés-teatro, praias estonteantes e plantações de cacau. Ilhéus é muitíssimo bem servido de hotéis para a maioria dos bolsos mas, se o caso é de luxo, há o Cana Brava Resort, onde se pode ver tudo isso e fazer intervalos para o jogo de tênis e o SPA.

literarios destinos turismo mundo paris afeganistao portugal brasil Afeganistão

literarios destinos turismo mundo paris afeganistao portugal brasil Afeganistão

Sonho dos amantes da cultura árabe, Kabul, no Afeganistão, pode ser vista e conhecida como cada vez mais abertura a cada dia. A reconstrução da cidade, embora lenta por conta da complexidade de sua situação política, já conseguiu pôr à todo funcionamento o Museu Nacional Afegão, orgulho do país em sua época de ouro. Lá pode ser vista a impressionante estátua de Surya, o Mausoléu do Imperador Babur e seus jardins além dos bazares, o Palácio de Darul Aman, mesquitas e montanhas congeladas descritas por Khaled Housini em “O caçador de Pipas”. O centro de Kabul é, neste roteiro, a grande pérola.

literarios destinos turismo mundo paris afeganistao portugal brasil Portugal - Sintra

literarios destinos turismo mundo paris afeganistao portugal brasil Portugal - Sintra

“O Mistério da Estrada de Sintra”, conjunto de cartas anônimas fictícias escritas por Eça de Queirós e Ramalho Ortigão para o Diário de Notícias em 1870, teve sua primeira edição em livro publicada há quase 25 anos atrás, mas a última, do ano passado, somando forças com o filme de Jorge Paixão da Costa, também de 2007, é forte candidato a novo ponto turístico-literário de Portugal. Das incríveis construções que recheiam esse Distrito de Lisboa, se destacam o Palácio Nacional de Sintra, o Palácio da Pena e o Torreão do Castelo dos Mouros, além dos monumentos naturais como a serra e a praia. Quem se preocupa com a ingestão de calorias é que deve fazer este roteiro com cuidado: se as queijadas de Sintra, sozinhas, podem arruinar qualquer dieta, não é bom imaginá-las aliadas a pasteis e cabrito assado.

Como se pode ver, são muitos os destinos a que podem nos levar nossos livros favoritos, mesmo além daquelas paisagens e ambientações que desenhamos com nossa imaginação. A experiência de conhecê-los ao vivo tem tudo para ser fascinante e muito rica em informações que nos permitem ver um pouco do que se passou na mente dos escritores ao fazer as descrições e rotas que nos levam à passear entre uma linha e outra do livro que temos em mãos.

priscilla santos

é adoradora de cervejas e colabora com a obvious.
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do obvious sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
x4
 
Site Meter