Yahoo Mobile - Mobilising Open Source


keynote yahoo open mobile gsma mwc

O Yahoo lançou no congresso mundial mobile a nova versão da sua abordagem ao mundo mobile. O novo "Yahoo Mobile" sucede assim ao "Yahoo! Go", num cliente mais consolidado e conveniente onde impera o espírito "Open". Entre as diversas funcionalidades que esta aplicação apresenta, destaca-se o OneSearch com integração de voz, OnePLace - um market place aberto, Yahoo Maps, Email e aquilo que começa a ser um denominador comum em todas as abordagens mobile; um agregador de presenças na Web - twitter, fotos, blogs, etc. Estará disponível para o iPhone, web e para as linhas de smartphones da Nokia, RIM, Samsung, Sony Ericsson, Motorola e Windows Mobile entre outros.

O esforço do Yahoo! centrou-se na concretização de uma conjunto de aplicações nativas desenvolvidas pelo próprio mas, há uma notória preocupação em manter o espaço aberto a contributos da comunidade. Esta estratégia é bastante óbvia se pensarmos no investimento do Yahoo! em algo tão complexo como o Yahoo! Go. Nesse contexto era urgente encontrar uma linha de continuidade do produto.

Algo que é notório em todo o congresso é que muita coisa mudou desde o ano passado. Em 2008 procurava-se a convergência e a presença no mundo mobile, com a plena consciência que do ponto de vista tecnológico, havia ainda um longo caminho a percorrer. Este ano, as cartas que estão em cima da mesa são completamente diferentes. Três novos sistemas operativos apareceram - Android, WebOS e Apple - com uma lógica de utilização que ultrapassa as limitações de outrora. É o momento da web como plataforma ganhar espaço no mundo mobile, é o momento em que os fabricantes acordaram para novos paradigmas de utilização dos dispositivos mobile e, definitivamente, é o momento para encontrar um espaço para novas lógicas de negócio. Como o ecosistema se irá re-organizar e como se poderá ganhar dinheiro no processo, são as grandes questões.

Num cenário onde as limitações dos sistemas operativos proprietários começam a desaparecer, o Yahoo! começa a encontrar mais e mais dificuldades para a instalação de um fat client num celular cada vez mais rico. Como utilizador, a pergunta que surge é: porque é que eu vou instalar uma aplicação proprietária e orientada para somente um player, quando posso começar a obter as mesmas funcionalidades nativamente? Na minha opinião, este é um momento de viragem para a lógica aplicacional do Yahoo!, apesar do tremendo esforço para rentabilizar todo o investimento feito nesta lógicas nos últimos anos. Olhando puramente para o aspecto tecnológico da oferta do yahoo!, é admirável o que está disponível. De facto, este é o caminho que por agora garante a presença no gigantesco parque mobile já instalado, até que a convergência para novos terminais ocorra.

Aqui fica um vídeo com uma demonstração do novo yahoo! Mobile

Alguns dados adicionais interessantes...

via: moconews

Generating revenue through advertising: Yahoo is sticking to advertising as its way of generating revenue from the product. According to Lazar, the new offering will streamline what users want from the mobile web in one place and attract more users, which should be more attractive for advertisers. Lazar: “The focus for us is to give consumers the simplest starting point on the internet, and give them access to everything in one place that’s not only Yahoo [applications and content]. If we give them simplicity, we engage them more, which provides incremental value to us and partners. We need to create an ecosystem that we all get value out of.”

Positioning in the market: Lazar wouldn’t go into specifics into how this positioned Yahoo against Google (NSDQ: GOOG) and Nokia’s growing range of internet services, saying instead that all of the new products and announcements “raises the tide for everyone… When consumers start using the mobile internet more, we all win.” Of course, some will be bigger winners than others, which Lazar said, is a matter of investing and creating the “right products” that consumers want.

App store in the works?: One of the interesting features on Yahoo mobile is the ability to “Add Anything” to Yahoo mobile, including widgets from its Yahoo Widgets product, which are all currently free. It’s easy to see how this “Add Anything” functionality could easily be linked to an application store. Moreover, in September, Yahoo started trying to increase the awareness of its mobile development platform Blueprint, which previously could be used by developers to create widgets specifically for Yahoo Go, but was upgraded to allow them to create standalone apps that could be more widely distributed. Is an application store something Yahoo is considering? “Potentially,” said Lazar, who noted, yes, the functionality could be easily added. He said, however, that it was currently “down to the developers” (as Blueprint’s wider app building capability is relatively new) and Yahoo would see what they created before moving ahead.

gsma obvious conferencia mundial mobile world conference


benjamin mendes

There are those that look at things the way they are, and ask why? I dream of things that never were, and ask why not?
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/tecnologia// @obvious, @obvioushp //benjamin mendes