What What - In the butt

Um indivíduo que dá pelo nome de Samwell é o protagonista de um videoclip musical completamente desconcertante. Não há palavras para o descrever de tão mau que é: é ver para crer. Pior que isso é o que representa.



 What What - In the butt (Samwell)

Desde o dia de S. Valentim de 2007 que o vídeo "What What - In the butt" está no YouTube e no Google Video. Tornou-se desde então aquilo a que se chama um vídeo viral, devido à popularidade que adquiriu rapidamente, e o seu protagonista, Sam Norman, de nome artístico SamWell, ascendeu de imediato ao estatuto de celebridade da internet. Mas o que fez este vídeo tão popular? As alusões homossexuais implícitas ou o seu assumido mau gosto?

Não está em causa a temática gay presente do princípio ao fim. Não há falsa moralidade aqui. O que está em causa realmente é péssima qualidade da música e do videoclip. Nem sequer chega a ser kitsh. Na verdade não há música, não há história, não há nada que valha a pena ser visto ou ouvido e isso não é por opção estética. É por mera estupidez e ganância pura: é muito barato produzir algo assim. Não obstante, vamos todos ver porque todos gostamos de olhar para alguém a fazer de palhaço. Neste caso o palhaço rico, a julgar pelas roupas brilhantes.

Este e outros fenómenos idênticos são cada vez mais frequentes nos dias que correm e não apenas no universo da música. Objectos de má qualidade inundam os meios de comunicação audiovisual e são consumidos em grande escala por toda a gente e em especial pelas camadas mais jovens da população, mais sensíveis a este tipo de mensagens. E são apreciados, não como objecto de admiração, é certo, mas pelo seu lado primitivo, chocante, exótico, patético ou hilariante. São consumidos e alguém lucra com isso. Perder, perdemos todos.

Eis o videoclip na versão inglesa. Quem preferir uma versão legendada para perceber todas as "subtilezas" da letra, pode encontrá-la aqui. É difícil conseguir ver até ao fim. Simplesmente horrível.

benjamin júnior

determined dreamer • food evangelist • life enthusiast • professional problem solver • internet ninja • coffee junkie.
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do obvious sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
v2/s
 
Site Meter